icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2013
14:20

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, avisou que São Paulo e Palmeiras terão que entregar seus respectivos CTs na Barra Funda após o término da concessão feita pelo governo municipal. Isto significa que o Tricolor devolverá o terreno do CCT da Barra Funda em 2022, enquanto o Verdão tem um prazo maior para usar a Academia de Futebol: até 2078. Os locais são vizinhos na avenida Marquês de São Vicente, zona oeste de São Paulo (SP).

- A concessão não vai ser renovada, vai ser respeitada, porque a cidade se apropriará da área pública como espaço público. Tanto aquele enorme terreno da CET, quanto os dois centros de treinamento (de São Paulo e Palmeiras), no futuro passam a integrar os equipamentos públicos da Água Branca - disse Haddad ao "Uol", citando a lei da Operação Urbana Água Branca, sancionada nesta quarta-feira.

Em abril, a Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente da Câmara dos Vereadores de São Paulo já tinha emitido parecer favorável ao Projeto de Lei nº 505/12, que determina a devolução dos terrenos cedidos pelas prefeitura para os centros de treinamento de São Paulo e Palmeiras, no bairro Barra Funda. Esta é uma mudança no projeto para urbanização da região, inicialmente feita por Paulo Maluf, no fim da década de 80.

Para entrar em vigência, o projeto tinha que ser votado pela Câmara, que o aprovou no dia 8 de outubro. O prazo menor de uso da área já incomodou o São Paulo, já que não apenas o Palmeiras, mas o Corinthians também pode usar o terreno do CT até 2078, 56 anos a mais do que o Tricolor - os dois renovaram a concessão.

Marco Aurélio Cunha, ex-dirigente tricolor e deputado federal, criou em 2010 projeto de lei que previa o aumento da concessão da área do CT da Barra Funda de 40 para 90 anos. O argumento era que a alteração que deu direito a Palmeiras e Corinthians explorarem as áreas até 2078 não valeu para o São Paulo, e violentou o princípio constitucional da isonomia. O projeto de lei, no entanto, não avançou.

Estrutura dos centros de treinamento

CT da Barra Funda
Após a concessão em 1982, a inauguração parcial do CT aconteceu em 1985 para depois, em 1988, ser plenamente aberto. O centro tem três campos oficiais, alojamento para jogadores e comissão técnica se concentrarem. O CT também abriga o Reffis, com estrutura de preparação.

Academia de Futebol
O terreno foi concedido ao Palmeiras em 1988, e o centro de treinamento foi inaugurado em 1991. Atualmente, a Academia de Futebol abriga três campos oficiais, um ginásio com duas quadras, além de toda a estrutura para preparação física e exames médicos. No local também há um prédio administrativo.