icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
03/12/2013
19:04

O Grêmio foi um dos clubes que mais lutou pelo aumento do limite de estrangeiros no Regulamento Geral de Competições. Desde o meio do ano, o presidente Fábio Koff se articulava nos bastidores para realizar a mudança. Com o aceno positivo da CBF, o clube gaúcho poderá aumentar ainda mais e colher frutos de um projeto para as categorias de base que já trouxe três gringos para o Tricolor. O trio será testado no Campeonato Gaúcho de 2014.

O zagueiro Roberto Canavesio, 20 anos, o meia Gaona e o atacante Lucas Romano chegaram ao clube ainda no início do ano. Foram observados em treinamentos e aprovados. Os dois primeiros seguiram no clube, enquanto o terceiro irá atuar no Gauchão emprestado ao Aimoré, por já ter estourado a idade do time júnior.

Canavesio é quem gera mais expectativa no clube gaúcho. O zagueiro teve passagem pelo Parma (ITA), mas não pode continuar no clube pela ausência de passaporte europeu. Mesmo se não ocorresse o aumento do limite de estrangeiros, o defensor argentino estaria no grupo que vai disputar as seis primeiras partidas do Estadual.

Além dos três jogadores atuais, o Grêmio também já trabalha para continuar o projeto no próximo ano. Contatos e observações a jogadores que atuam na Suécia, na Itália e na Bélgica estão na pauta. Se o crescimento for o previsto pelos profissionais do clube, os atletas serão chamados para um período de trinta dias de testes e adaptação. Algo que foi feito com alguns garotos, como o trio de argentinos, e outros que não prosperaram - houve até um jogador de Gana treinando nas categorias de base.

- Não vamos aumentar o trabalho, vamos mantê-lo. Independente do número de estrangeiros, a base tinha duas fontes reais, como temos duas equipes hoje, sub-20 e sub-18, já seriam seis estrangeiros. E temos captação de jogadores que poderiam estar estourando a idade e poderiam ir para outros clubes. Representa um gás a mais. Temos que ver se o limite aumentará para a base também, mas imagino que sim. Não digo que vamos aumentar o projeto, mas com certeza incrementaria sim - destacou o diretor-executivo das categorias de base, Júnior Chávare.

No elenco principal, o problema que o Tricolor teve neste ano estará superado. Renato Gaúcho precisou escolher sempre entre Barcos, Vargas, Riveros e Maxi Rodríguez - o volante paraguaio foi o escolhido para ficar de fora das últimas relações para os jogos. O clube protocolou um pedido para modificar o RGC para 2014 e espera uma resposta oficial até a sexta-feira. A informação que circula nos bastidores é que a CBF aceitou o pedido.