icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/03/2014
08:00

O maior clássico do Brasil está de volta para definir o Campeonato Gaúcho. Depois de quase três anos, o Gre-Nal irá definir o Gauchão 2014, a partir deste domingo, na Arena. O duelo coloca à prova a hegemonia estadual do Internacional, que tenta o tetracampeonato, e marca a tentativa de quebrar o jejum do Grêmio, que não ganha desde 2010.

A disputa começa hoje e termina só no dia 13 de abril, quando acontece o segundo jogo da decisão. Pela melhor campanha, com mando do Inter. Que ainda não definiu onde será. Ainda assim, o clássico volta às origens do Gauchão com decisão em azul e vermelho.

O Colorado vai para a sétima final consecutiva. Desde 2008 é presença certa. Em 2007, com o próprio Abel, ficou de fora da fase eliminatória da competição, após ser campeão mundial. Agora, é a competição que o Inter tem para jogar - a Copa do Brasil só acontece após as finais. Depois do título sobre o Grêmio em 2011, sobre o Caxias em 2012 e a taça por antecipação em 2013, pode enfileirar o quarto título. Algo que não acontece desde o início da década - de 2002 a 2005.

A semana foi atípica. Nada de mistério nos dois lados. Abelão confirmou em sua entrevista coletiva a escalação do Inter. Tentou fazer um treino fechado no Beira-Rio, sem sucesso - acabou em um 'semiaberto' no CT colorado. Enderson Moreira adotou postura semelhante. Fechou o trabalho da manhã de sábado na Arena. Mas também confirmou a repetição da escalação pela quarta vez consecutiva.

- Os 2 times estão em uma boa fase. O Grêmio esta indo bem na Libertadores. Não terá favorito. Será decidido em campo. Será um bom jogo, bem disputado – explicou Gilberto.

Já o Grêmio faz uma final após três anos. Perdeu a última para o Colorado. Em 2010, porém, levou a melhor - é a última taça levantada pelo clube tricolor. O jejum incomoda e, por isso, o Gauchão foi colocado também como prioridade para a temporada, apesar da disputa simultânea à Libertadores.

- Um clube vive de títulos. É normal isso de pressão. Quem veste a camisa sabe da responsabilidade que tem. O mais difícil fizemos, roemos o osso, jogando em campos ruins, com times que só batiam. Agora chegou a parte boa. Faz tempo que não somos campeões, nós jogadores falamos disso, viemos para ser campeões - avaliou o zagueiro Rhodolfo.

O Inter tem 149 vitórias, enquanto o Grêmio venceu 125 vezes e houve 125 empates. O clássico é o de número 400.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X INTERNACIONAL

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data-hora: 30/03/2014 - 16h
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: José Franco Filho e Rafael Alves

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Riveros, Edinho, Ramiro e Dudu; Luan e Barcos - Técnico: Enderson Moreira.

INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz e Alex; D'Alessandro, Rafael Moura e Jorge Henrique - Técnico: Abel Braga.