icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
01/12/2013
17:55

A partida de logo mais, na Arena do Grêmio, é uma decisão para o Tricolor gaúcho e para o Goiás. Pode definir o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro e certamente irá colocar o vencedor - se houver -, mais perto da vaga para a Libertadores. Mas não será jogada em um gramado completamente perfeito, como vinha sendo.

O campo do estádio gremista apresenta falhas aparentes e está diferente em relação a outros jogos. Isso acontece porque a administração da casa gremista modificou o tipo da grama, colocando uma típica de verão. O plantio começou há mais de duas semanas. Os agrônomos admitem que o crescimento está abaixo do esperado. A Arena se aproxima de completar o primeiro ano, o que ocorre no dia 8 dedezembro.

- Prejudica um pouco, mas nada qu vá fazer diferença no jogo. No início do ano, todo mundo falava do campo, mas temos que jogar ali. Não vai influenciar muito. Em uma decisão é uma coisa muito pequena para influenciar no jogo - minimizou o zagueiro Bressan.

No início do ano, o gramado também foi alvo de críticas, principalmente do técnico Vanderlei Luxemburgo. O então treinador criticou o estado do campo na partida contra o Huachipato, quando o Grêmio foi derrotado. Os jogadores também afirmaram que havia muito areia, o que pesava o campo. Na inauguração, no duelo com o Hamburgo, em dezembro de 2012, a grama não estava fixa e também apresentou problemas, principalmente na região central do campo.

Campo teve grama modificada e ainda apresenta falhas (Foto: Eduardo Moura)
Gramado da Arena apresenta falhas após troca de tipo de grama (Foto: Eduardo Moura)
Visão do gramado da Arena das cadeiras gold (Foto: Eduardo Moura)