icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2014
10:55

Com o mundo inteiro olhando, teve gente pagando um mico gigante na Copa do Mundo. E mais de uma vez! Para alguns, o Mundial não foi de festa, mas sim uma situação embaraçosa, que vai ser melhor ser esquecida. Mas vai ser difícil, porque estamos aqui para lembrar. Veja o que foi motivo de piada nesta Copa.


1 - SELEÇÃO BRASILEIRA

 
(Foto: Christophe Simon/AFP)
 Todo mundo já riu bastante (os estrangeiros e torcedores do contra) ou chorou copiosamente (a maioria dos brasileiros) por causa do papelão que a Seleção Brasileira fez nesta Copa. Jogou mal, penou para passar no mata-mata e só foi pegar uma seleção de peso que levou um baile histórico. O time da casa perder por 7 a 1 uma semifinal de Copa do Mundo, levar 3 a 0 na disputa do terceiro lugar é fato para não sair nem na rua de tanta vergonha. Mas a vergonha do Brasil não é simplesmente pelos placares. Bota na conta o esquecimento de organização tática e o descontrole emocional.


2 - INVASÃO DO MARACANÃ

 
(Foto: Waltern de Mattos Jr.)
 O estádio palco da final da Copa era para ter a melhor segurança do Mundial, certo? Era, mas não teve nos dois primeiros jogos. Na estreia, um grupo de argentinos conseguiu brecha para invadir o estádio. Mas o número de torcedores foi bem menor que a tragédia anunciada que viria no jogo seguinte. Passando por tudo quando foi espaço na entrada da imprensa, mais de cem chilenos correram alucinados para dentro do Maracanã - 87 foram presos e obrigados pela Polícia Federal a voltarem para casa. Mas teve gente que assistiu ao jogo contra a Espanha e saiu de boa após a partida. Os que foram pegos ainda quebraram parte do Centro de Imprensa do Estádio. Um papelão gigante!


3 - TIRA-TEIMA DA FIFA


(Foto: Evaristo Sa/AFP)
 Como órgão máximo do futebol mundial, a Fifa gera a expectativa de precisão total quando o assunto é a regra do jogo. Mas o pessoal da geração de imagens das partidas não está tão afiado assim. Prova disso foi o mico pago no jogo entre Brasil e Camarões pelo operador do tira-teima. Ele colocou a linha na posição errada e deixou Fred, equivocadamente, impedido na jogada de um dos gols da Seleção. A própria Fifa admitiu posteriormente que errou, mas não mostrou a imagem certa.


4 - MORDIDA


(Foto: Daniel Garcia/ AFP)
Pela terceira vez na carreira, o cara resolve dar uma mordida em um outro jogador. Luis Suárez abusou do descontrole e pagou um dos maiores micos do Mundial. Depois de correr contra o tempo para se recuperar de uma cirurgia no joelho, a mordida no zagueiro Chiellini virou motivo para suspensão de quatro meses do futebol, além de nove jogos da Celeste. Tchau, Copa do Mundo. E ele era o principal jogador da seleção, que foi eliminada logo no jogo seguinte à mordida.


 - ADIÓS, ESPAÑA!


(Foto: Cleber Mendes)
Era a campeã do mundo, o time do tiki-taka, país do qual vieram os dois finalistas da Liga dos Campeões, o campeão da Liga Europa, etc. Tá bom. Mas a Espanha passou longe de ser uma equipe unida na Copa-2014, levou várias chineladas e voltou para casa logo depois da primeira fase. Um mico histórico. Na estreia, um sacode de 5 a 1 da Holanda. Depois, perdeu para o Chile por 2 a 0 e já ficou fora da Copa. A vitória por 3 a 0 sobre a Austrália foi só para diminuir o prejuízo da despedida.