icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/07/2013
23:57

O ABC foi valente e tentou reverter a derrota por 3 a 0 sofrida diante do Goiás no jogo de ida. Porém, o Alvinegro potiguar não passou do empate por 1 a 1, e o Esmeraldino foi quem avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Agora, o time espera o sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário na competição.

Diogo Barcellos abriu o placar para o time da casa ainda na primeira etapa e, no segundo tempo, quase fez o segundo. Hugo empatou para os goianos.

O JOGO

Apesar de jogar em casa, o ABC começou muito mal e tomou alguns sustos. Só cresceu na partida a partir dos 30 minutos e não tardou a abrir o placar: Diogo Barcellos pegou a sobra na entrada da área e mandou na gaveta.

Nos últimos minutos do primeiro tempo, Wanderlei carimbou a trave do goleiro Renan. O bom momento animou o Alvinegro, que voltou do intervalo acelerado e pressionando. Diogo Barcellos quase marcou mais um em chute cruzado.

Os 15 minutos de pressão terminaram sem gol e o time da casa acabou desanimando. Aproveitando os espaços, Hugo invadiu a área e chutou forte. Era o empate e a certeza da classificação do Goiás.

O ABC foi valente e tentou reverter a derrota por 3 a 0 sofrida diante do Goiás no jogo de ida. Porém, o Alvinegro potiguar não passou do empate por 1 a 1, e o Esmeraldino foi quem avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Agora, o time espera o sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário na competição.

Diogo Barcellos abriu o placar para o time da casa ainda na primeira etapa e, no segundo tempo, quase fez o segundo. Hugo empatou para os goianos.

O JOGO

Apesar de jogar em casa, o ABC começou muito mal e tomou alguns sustos. Só cresceu na partida a partir dos 30 minutos e não tardou a abrir o placar: Diogo Barcellos pegou a sobra na entrada da área e mandou na gaveta.

Nos últimos minutos do primeiro tempo, Wanderlei carimbou a trave do goleiro Renan. O bom momento animou o Alvinegro, que voltou do intervalo acelerado e pressionando. Diogo Barcellos quase marcou mais um em chute cruzado.

Os 15 minutos de pressão terminaram sem gol e o time da casa acabou desanimando. Aproveitando os espaços, Hugo invadiu a área e chutou forte. Era o empate e a certeza da classificação do Goiás.