icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/11/2013
17:27

Götze confirmou que deixaria o Borussia Dortmund enquanto o time avançava na Champions League até encontrar o Bayern de Munique, novo clube do meia, na final. A decisão provocou um ódio na torcida aurinegra. Neste sábado, o jogador voltou ao Westfalenstadion para sentir a ira da Muralha Amarela. Mas, logo na primeira vez que tocou na bola, silenciou a velha casa, participando, com um gol, da vitória dos bávaros por 3 a 0, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Alemão.

O resultado deixa o Bayern de Munique na liderança isolada da Bundesliga, com 35 pontos. Na terceira colocação, o Dortmund tem 28 e fica distante do topo do torneio.

O Bayern de Munique não se assustou com a atmosfera da torcida local e trabalhou mais a bola, dominando a partida nos minutos iniciais. Com desfalques relevantes, o Borussia teve dificuldade de fazer a transição entre os setores da equipe.

A primeira etapa foi ficando mais movimentada à medida que o Bayern encontrava espaço para atacar, mas cedia espaços atrás para as chegadas perigosas dos aurinegros.

O segundo tempo seria um pesadelo para a torcida do Borussia. Primeiro foi a entrada de Götze com a camisa vermelha. Vaiado e hostilizado, ele, o ser mais odiado do estádio, respondeu com uma pedrada na entrada da área para abrir o placar.

O Borussia pressionou, mas deixou a defesa exposta a Robben, que ampliou com uma cavadinha. Sobrou tempo também para Müller colocar a tampa no caixão.