icons.title signature.placeholder Bruno Giufrida
12/11/2013
09:02

Edu Dracena, Gustavo Henrique, Aranha, Neto... Nenhum desses jogadores carrega o posto que Gabriel Gasparotto, goleiro titular do time sub-20 e já promovido ao elenco profissional, tem no Peixe.

Uma das apostas do técnico Pepinho para conquistar o título da Copa do Brasil da categoria, ele é o atleta mais alto do elenco alvinegro, com os seus 1,96m de altura. Gigante em campo, o jogador de 20 anos tem tido atuações dignas de seu tamanho. Na Copa São Paulo, por exemplo, pegou pênaltis que ajudaram o time a ser campeão.

– Nós temos três finais no nosso currículo e, se Deus quiser, vamos tentar trazer esse título. Fomos campeões do Paulista em 2012 e da Copa São Paulo, agora queremos a Copa do Brasil – almeja o jogador, que tem passagens por algumas das Seleções Brasileiras de base.

Ao todo, a equipe sub-20 que entra em campo nesta quarta-feira, às 19h, na Vila Belmiro, tem seis jogadores que, ao menos uma vez, já treinaram com o elenco principal. Um diferencial...

– Quando você passa pelo profissional você ganha uma experiência que você usa nessas horas. Se você fica atrás no placar, sabe como sair dessa situação – ressalta o goleiro.

Ainda sem chance de estrear com Claudinei Oliveira, ele treina diariamente com o titular Aranha e com outros dois pratas da casa: Vladimir e João Paulo, os seus concorrentes.

Sem nunca ter jogado contra o adversário da decisão, o Criciúma, que despachou o Botafogo para chegar na final, o goleiro alvinegro prega respeito aos catarinenses e aposta na rodagem do grupo pelo título.

– Nunca os enfrentei. Tenho assistido a alguns jogos e é um time que a gente deve tomar cuidado e aproveitar nossa experiência para não ser surpreendido – finalizou.

Com contrato com o clube até o fim de 2016,  é mais uma boa aposta do Peixe. E, mesmo com quase dois metros, quer crescer cada vez mais.