icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/02/2015
19:26

Grande zebra desta edição da Copa Africana de Nações (CAN), a anfitriã Guiné Equatorial não teve forças para bater Gana, nesta quinta-feira, em Malabo. O sonho de chegar à final caiu por terra com derrota por 3 a 0.

Inconformada com a eliminação, aos 38 minutos do segundo tempo, a torcida de Guiné Equatorial começou a atirar garrafas d'água no público rival, que, para se proteger, acabou "invadindo" o gramado, se posicionando atrás do gol.

Torcida da Guiné Equatorial praticamente 'expulsou' seguidores de Gana da arquibancada (Crédito: AFP)

Com o jogo paralisado, diante do impasse das autoridades da Confederação Africana de Futebol (CAF), jogadores de Guiné Equatorial tentaram conter a torcida local. Depois de quase 40 minutos, a partida recomeçou com o resultado praticamente definido e com os seguidores de Gana deslocados para outro local nas arquibancadas do Estádio de Malabo.

Jordan Ayew, de pênalti, abriu o placar, aos 42 minutos do primeiro tempo. Aos 45, Mubarak aumentou. Na segunda etapa, aos 30, Andre Ayew fechou a conta.

Gana disputará a final contra a Costa do Marfim, no próximo domingo, em Bata. Um dia antes, em Malabo, Guiné Equatorial pega a República Democrática do Congo na briga pela terceira colocação.