icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
08:30

Atlético-MG e Cruzeiro iniciam logo mais o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro. Com pouco tempo de descanso após os jogos da Libertadores, no meio de semana, as duas equipes vão tentar superar o desgaste físico após as partidas e viagens para dar o primeiro passo rumo ao título mineiro de 2014, já considerado como um dos melhores em toda história do estadual.

Assim como no ano passado, o Atlético-MG quer fazer valer o mando de campo e encaminhar o título já no jogo de ida, contanto com a força do Independência. Para isso, o time alvinegro terá um Horto totalmente em preto e branco, já que o Cruzeiro abriu mão dos 10% de ingressos destinados aos visitantes, a fim  de evitar problemas com entre seus próprios torcedores.

- A gente vai usar nosso mando de campo, fazer com que isso flua a nosso favor para que a gente possa vencer a partida, independente do placar. Clássico não tem como definir placar, mas a gente quer vencer – falou o zagueiro Leonardo Silva.

No lado celeste, o time de Marcelo Oliveira ganhou um gás extra após a vitória sobre a La U, na quinta-feira. Além de se manter vivo na Liberta, o clube elevou os ânimos nas alturas e ganhou confiança para iniciar a batalha contra o Atlético-MG.

Repleto de jogadores de ponta, alguns cruzeirenses ainda querem sentir o gostinho de ser campeão estadual e colocar um título mineiro no currículo. É o caso do volante Nilton e do zagueiro Dedé.

- É um dos meus objetivos. Não tenho nenhum estadual, vou tentar buscar esse Mineiro. Será um jogo muito difícil. Nunca ganhamos no campo deles. Vamos tentar fazer o nosso melhor, ser um time organizado, consciente do que está fazendo. Deu certo no último jogo. Temos de fazer isso para os próximos jogos – falou o Mito.

ATLÉTICO-MG X CRUZEIRO
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 06/04/2014, às 16h

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (FIFA/AL)
Assistêntes: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Cleriston Cley Barreto Rios (FIFA/SE)

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Otamendi e Alex Silva; Pierre, Donizete, Ronaldinho e Guilherme; Tardelli e Jô. Técnico: Paulo Autuori.

Cruzeiro: Fábio; Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Samudio; Henrique (Nilton) e Lucas Silva; Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Dagoberto; Júlio Baptista. Técnico: Marcelo Oliveira.