icons.title signature.placeholder Roberto Assaf
26/11/2014
08:00

Atlético x Cruzeiro. Um deles sairá hoje do Mineirão com o título da Copa do Brasil de 2014. Assim, para encerrar a nossa longa trajetória dos 93 anos do clássico, que começou aqui em 6 de novembro, vamos fazer uma tentativa de formar os melhores times das histórias dos times. É sempre difícil fazê-lo, pois os craques atuaram em tempos muito distintos, e existe a chamada "memória afetiva", ou seja, é provável que algum jogador fora destas duas listas integre a sua, dependendo da importância que teve para você, num jogo, ou numa decisão.

Por ordem alfabética, primeiro vai a relação do Galo, depois a da Raposa. Como goleiro, os alvinegros podem escolher entre Kafunga, João Leite, Mazurkiewicz e Vitor. Para defensores, entre Batista, Bigode, Cincuneggi, Haroldo, Luisinho, Mexicano, Murilo, Nelinho, Oldair, Osmar, Paulo Roberto Prestes e Vantuir. Para apoiadores, Elzo, Gilberto Silva, Paulo Isidoro, Ronaldinho Gaúcho, Toninho Cerezo, Vanderlei Paiva, Zé do Monte e Zenon. E para atacantes, entre Carlyle, Dario, Diego Tardelli, Éder, Guará, Lucas Miranda, Mário de Castro, Nívio, Reinaldo, Sérgio Araújo e Ubaldo.

Como goleiros, os azuis poderiam escolher entre Dida, Fábio e Raul. Para defensores, entre Brito, Caieira, Cris, Fontana, Nelinho, Nonato, Perfumo, Procópio e Sorín. Para apoiadores, entre Alex, Dirceu Lopes, Éverton Ribeiro, Ricardinho, Rossi e Zé Carlos. E para atacantes, entre Abelardo, Bengala, Evaldo, Jairzinho, Joãozinho, Natal, Niginho, Ninão, Palhinha, Roberto Batata, Ronaldo e Tostão.



Este que vos escreve, e que vê futebol desde a década de 1960, escalaria o Atlético com Vitor, Nelinho, Vantuir, Luisinho, Oldair, Vanderlei Paiva, Toninho Cerezo, Ronaldinho Gaúcho, Dario, Reinaldo e Éder. Como técnico, Telê Santana. E o Cruzeiro com Raul, Nelinho, Perfumo, Fontana, Nonato, Zé Carlos, Dirceu Lopes, Natal, Tostão, Jairzinho e Joãozinho. Como técnico, Zezé Moreira.

Boa decisão para todos!