icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
14:29

Após cumprir suspensão contra o Grêmio na última rodada do Campeonato Brasileiro, Gabriel estará de volta ao time do Botafogo na partida contra o Náutico, no próximo sábado, às 21h, em São Januário. Apesar do retorno de Gabriel, Oswaldo de Oliveira terá um grande problema para resolver. Marcelo Mattos levou o terceiro cartão amarelo no confronto contra o Grêmio e está suspenso. Com isso, Renato deve permanecer no time titular. Para Gabriel, a falta de entrosamento com Renato não preocupa.

- Contra a Ponte Preta, antes da parada para a Copa das Confederações, jogamos juntos e fomos bem. Se for jogar, estaremos preparados para ajudar o Botafogo a conseguir a vitória - disse Gabriel, em entrevista à Rádio Brasil, que também lamentou a derrota do Glorioso para o Grêmio:

- Fiquei muito triste por não poder ajudar. Foi uma derrota injusta. O Botafogo fez uma grande partida. Mas o futebol é assim, e já temos que nos preparar para enfrentar o Náutico.

E MAIS:
>Com apenas sete jogos, Botafogo já sente os efeitos do Brasileirão
>Novo reforço do Botafogo, Dankler vai ao Engenhão e realiza exames médicos
>Com titulares de folga, reservas do Botafogo realizam coletivo no Engenhão

Com a derrota para o Grêmio, o Botafogo perdeu a liderança no Brasileirão e caiu para a terceira posição, com 13 pontos. Em 31 jogos na temporada, o time perdeu apenas 3. Na opinião de Gabriel, a equipe tem de manter o seu sistema de jogo independemente do resultado.

- Não podemos mudar nosso jeito de jogar por uma derrota. Temos de continuar nesta boa fase e seguir em busca dos nossos objetivos - disse o jogador.

Após cumprir suspensão contra o Grêmio na última rodada do Campeonato Brasileiro, Gabriel estará de volta ao time do Botafogo na partida contra o Náutico, no próximo sábado, às 21h, em São Januário. Apesar do retorno de Gabriel, Oswaldo de Oliveira terá um grande problema para resolver. Marcelo Mattos levou o terceiro cartão amarelo no confronto contra o Grêmio e está suspenso. Com isso, Renato deve permanecer no time titular. Para Gabriel, a falta de entrosamento com Renato não preocupa.

- Contra a Ponte Preta, antes da parada para a Copa das Confederações, jogamos juntos e fomos bem. Se for jogar, estaremos preparados para ajudar o Botafogo a conseguir a vitória - disse Gabriel, em entrevista à Rádio Brasil, que também lamentou a derrota do Glorioso para o Grêmio:

- Fiquei muito triste por não poder ajudar. Foi uma derrota injusta. O Botafogo fez uma grande partida. Mas o futebol é assim, e já temos que nos preparar para enfrentar o Náutico.

E MAIS:
>Com apenas sete jogos, Botafogo já sente os efeitos do Brasileirão
>Novo reforço do Botafogo, Dankler vai ao Engenhão e realiza exames médicos
>Com titulares de folga, reservas do Botafogo realizam coletivo no Engenhão

Com a derrota para o Grêmio, o Botafogo perdeu a liderança no Brasileirão e caiu para a terceira posição, com 13 pontos. Em 31 jogos na temporada, o time perdeu apenas 3. Na opinião de Gabriel, a equipe tem de manter o seu sistema de jogo independemente do resultado.

- Não podemos mudar nosso jeito de jogar por uma derrota. Temos de continuar nesta boa fase e seguir em busca dos nossos objetivos - disse o jogador.