icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
00:45

O primeiro gol do Santos na vitória por 2 a 0 diante do Corinthians, nesta quarta-feira, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, contou com um lançamento preciso de Lucas Lima e a chegada rápida de Gabigol para cabecear no canto do goleiro Cássio aos 31 minutos do primeiro tempo, na Vila Belmiro. Depois, com mais um passe de Lucas Lima, Marquinhos Gabriel anotou o segundo e fechou a conta, o que motivou o autor do primeiro gol a elogiar o autor das assistências.

- Acho que o Lucas Lima tem muitos créditos no meu gol, porque colocou na minha cabeça e eu só tive o trabalho de escolher o canto e cabecear direitinho. Ele foi muito bem naquela jogada, mas não é nenhuma surpresa, porque é um jogador de Seleção Brasileira e para mim hoje o melhor jogador do Brasil - afirmou o camisa 10 do Peixe após o apito final.

Gabigol não foi o único a enaltecer a participação de Lucas Lima na construção da importante vitória dentro da Vila Belmiro. Ele ainda revelou que uma das inspirações da dupla para a parceria como a que saiu no primeiro gol vem de outra dupla bem conhecida do torcedor santista: Neymar e Messi. Segundo o camisa 10, os alvinegros costumam ver os jogos da equipe espanhola em busca de inspiração, e dessa vez deu certo.

- Eu falo para ele assistir aos jogos do Barcelona, pois o Messi sempre faz assim com o Neymar, e deu certo hoje, graças a Deus - afirmou Gabigol.

Apesar da conquista do resultado positivo, o foco do Peixe está em não fazer feio na Arena Corinthians. Pior visitante do Campeonato Brasileiro, a equipe do técnico Dorival Júnior não vence um rival de elite fora de casa desde o fim do ano passado, e a busca pelo resultado positivo na volta das oitavas de final da Copa do Brasil é a motivação do Peixe para o momento.

- Agora sabemos que precisa lutar bastante, na casa deles é muito difícil. Precisamos fazer um grande jogo fora de casa e tentar a classificação, mas antes mudar o chip para sabado e seguir reagindo no Brasileiro - disse Gabigol, em referência ao duelo do próximo sábado, contra o Avaí, na Vila Belmiro.

O primeiro gol do Santos na vitória por 2 a 0 diante do Corinthians, nesta quarta-feira, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, contou com um lançamento preciso de Lucas Lima e a chegada rápida de Gabigol para cabecear no canto do goleiro Cássio aos 31 minutos do primeiro tempo, na Vila Belmiro. Depois, com mais um passe de Lucas Lima, Marquinhos Gabriel anotou o segundo e fechou a conta, o que motivou o autor do primeiro gol a elogiar o autor das assistências.

- Acho que o Lucas Lima tem muitos créditos no meu gol, porque colocou na minha cabeça e eu só tive o trabalho de escolher o canto e cabecear direitinho. Ele foi muito bem naquela jogada, mas não é nenhuma surpresa, porque é um jogador de Seleção Brasileira e para mim hoje o melhor jogador do Brasil - afirmou o camisa 10 do Peixe após o apito final.

Gabigol não foi o único a enaltecer a participação de Lucas Lima na construção da importante vitória dentro da Vila Belmiro. Ele ainda revelou que uma das inspirações da dupla para a parceria como a que saiu no primeiro gol vem de outra dupla bem conhecida do torcedor santista: Neymar e Messi. Segundo o camisa 10, os alvinegros costumam ver os jogos da equipe espanhola em busca de inspiração, e dessa vez deu certo.

- Eu falo para ele assistir aos jogos do Barcelona, pois o Messi sempre faz assim com o Neymar, e deu certo hoje, graças a Deus - afirmou Gabigol.

Apesar da conquista do resultado positivo, o foco do Peixe está em não fazer feio na Arena Corinthians. Pior visitante do Campeonato Brasileiro, a equipe do técnico Dorival Júnior não vence um rival de elite fora de casa desde o fim do ano passado, e a busca pelo resultado positivo na volta das oitavas de final da Copa do Brasil é a motivação do Peixe para o momento.

- Agora sabemos que precisa lutar bastante, na casa deles é muito difícil. Precisamos fazer um grande jogo fora de casa e tentar a classificação, mas antes mudar o chip para sabado e seguir reagindo no Brasileiro - disse Gabigol, em referência ao duelo do próximo sábado, contra o Avaí, na Vila Belmiro.