icons.title signature.placeholder Igor Ramos
02/07/2014
17:51

O clima está esquentando para o confronto entre França e Alemanha, válido pelas quartas de final da Copa. Na coletiva desta quarta-feira, o zagueiro Sahko e o meia Matuidi rebateram as declarações do ex-goleiro alemão Oliver Kahn.

O ex-jogador, eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 2002, declarou ao periódico francês Metronews que os Bleus têm falhas defensivas e disse que adversária da Alemanha não é uma grande equipe.

- Vimos uma grande quantidade de pontos fracos contra a Nigéria. Principalmente no início, quando o meio-campo é pressionado, eles não encontram Benzema. Criam poucas oportunidades. Quanto à defesa, não é segura - declarou o ex-goleiro.

Durante a entrevista coletiva nesta quarta-feira, em Ribeirão Preto, os jogadores foram indagados à respeito.

As críticas, feitas ao jornal francês Metronews, vão da fragilidade do sistema defensivo à falta de consistência no meio-campo que, quando pressionado, não consegue alimentar o atacante Karim Benzema.

 -  Temos que responder dentro de campo. Prefiro fazer esse tipo de comentário após a partida. Respeitamos a Alemanha, que tem um bom time - disse Matuidi.

 O zagueiro Mamadou Sakho, porém, preferiu não polemizar.

- Prefiro comentar sobre o nosso time. Não tenho o que falar  e não ligo para o que falam - disse Sahko, que está liberado pelo departamento médico, treinou e deve voltar ao time na partida dessa sexta-feira, no Maracanã. A França viaja nesta quarta-feira e treina no Maracanã na quinta  às 12h15.