icons.title signature.placeholder Caio Carrieri, Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
02/07/2014
20:25

Pouco depois das 20h desta quarta-feira, o ônibus que trazia a Seleção Brasileira do aeroporto de Fortaleza (CE) despontou nas proximidades do hotel onde o time ficará hospedado na capital cearense. Cerca de 200 pessoas aguardavam pela chegada dos jogadores na entrada dos fundos desde às 19h.

Julio Cesar, herói na classificação contra o Chile, no sábado passado, teve o nome gritado e foi chamado de rei pelos brasileiros.

A Seleção entrou rapidamente e a torcida foi contemplada com acenos dos atletas que estavam dentro do ônibus. Depois, dezenas dos torcedores ameaçaram pular a grade que separa o hotel da rua. Pendurados, mostraram bandeiras do Brasil e gritaram: "Ei, Felipão, mostra a Seleção".

A tradicional música "Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor" também foi cantada pelos cearenses. A maioria deles era formada por crianças. Os gritos misturados a sons de apitos continuaram por um tempo. No fim, novamente o goleiro titular foi aclamado por "Ão, ão, ão, Julio Cesar é paredão".

O Brasil fará um treinamento na tarde desta quinta-feira no estádio Presidente Vargas. Para preservar o gramado da Arena Castelão, a Fifa tem impedido o reconhecimento do gramado na véspera da partida.