icons.title signature.placeholder Felippe Rocha
30/11/2014
19:01

Parecia muito pouco atraente um jogo entre uma equipe sem chance de ir à Copa Libertadores da América de 105 e outra precisando de muito pouco para se confirmar lá. Mas as quase 20 mil pessoas que foram ao Maracanã neste domingo assistiram a uma belíssima partida de futebol. Teve de tudo no Fluminense 5 x 2 Corinthians: expulsão de técnico, de jogador, virada no placar, defesa de pênalti e gols. Muitos gols. 

Apesar do resultado, o Timão se classificou para a Libertadores graças ao tropeço do Grêmio. No encerramento da rodada, o Tricolor Gaúcho perdeu por 1 a 0 para o Bahia, na Itaipava Arena Fonte Nova, e deu adeus às chances de disputar a competição continental em 2015.


PRIMEIRA ETAPA PARELHA

Bastou um ataque para o Corinthians mostrar a que veio. Em contra-golpe aos quatro minutos, Renato Augusto avançou pela direita e chutou cruzado. Diego Cavalieri deu rebote e Guerrero, bem posicionado, abriu o placar. Apesar do jogo seguir equilibrado, foi o time paulista quem continuou levando perigo. Aos 14 minutos, Diego Cavelieri foi pressionado e chutou mal. A bola foi nos pés de Guerrero, e, após a finalização, não encobriu o goleiro apenas devido a desvio na zaga.

O Corinthians era mais objetivo, enquanto o time das Laranjeiras tentava tocar mais a bola. Aos 35, Fred recebeu cruzamento da direita e testou para o gol, mas foi marcado impedimento do camisa 9. Porém, o Fluminense conseguiria o empate pouco depois. Após cruzamento, desta vez da esquerda, Ralf mandou contra a meta defendida por Cassio.

FLU LETAL NA METADE FINAL

Os times voltaram do intervalo em ritmo forte. Com menos de dez minutos, Malcom quase fez de cabeça. Conca levantou a torcida com chute que foi para fora após desvio, e Guerrero, destaque do Corinthians na partida, teve outras duas chances. Nas duas a bola foi para fora, mas com perigo. Pouco depois, aos oito, Elias teve grande chance, mas Diego Cavalieri fechou o ângulo do volante no chute cara a cara.

Mas se parecia que o Corinthians iria se impor, aos 12 minutos, Edson virou a partida, de cabeça. Ele aproveitou cruzamento de Carlinhos e a briga de Fred no ar para escorar no canto direito. E o centroavante tricolor colocaria fogo na disputa da artilharia com um gol de pênalti aos 19. Descontrolado, o time paulista viu, na sequência, um pênalti ser mal marcado (a falta foi fora da área), Mano Menezes ser expulso e Fred converter mais um.

As esperanças corintianas se renovaram após a expulsão de Marlon, aos 29 minutos. Fabio Santos teve chance de diminuir o prejuízo, mas perdeu pênalti. Menos mal que, na sequência, Danilo aproveitou o escanteio e fez de cabeça, aos 38 minutos. Ainda houve tempo de Diego Cavalieri executar dois milagres nos últimos minutos e Conca fechar o placar com um chute rasteiro aos 46 minutos.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 5 X 2 CORINTHIANS

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 30/11/2014 - 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (GO) e Christian Sorence (GO)
Renda e público: R$ 496.155,00/16.509 pagantes. 
Cartões amarelos: Marlon, Carlinhos; Gil, Guerrero, Renato Augusto, Fabio Santos
Cartão vermelho: Marlon

GOLS: Guerrero (4'/1ºT), Ralf, contra (39'/1ºT), Edson (12'/2ºT), Fred (19'/2ºT), Fred (25'/2ºT), Danilo (38'/2ºT) e Conca (46'/2ºT)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Edson, Marlon, Guilherme Mattis e Carlinhos; Diguinho, Valencia, Wagner (Gustavo Scarpa, 41'/2ºT) e Conca; Rafael Sobis (Kenedy, intervalo) e Fred (Walter, 41'/2ºT). Técnico: Cristóvão Borges.

CORINTHIANS: Cassio, Fagner, Felipe, Gil (Danilo, 35'/2ºT) e Fabio Santos; Ralf, Elias (Jadson, 26'/2ºT), Petros e Renato Augusto; Malcom (Luciano, 26'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

* Atualizada às 21h53