icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/11/2013
19:07

Pelo placar mínimo, o Santos venceu o Fluminense no Prudentão, em Presidente Prudente, e deixou o Tricolor em situação difícil no Campeonato Brasileiro. O gramado ruim atrapalhou as duas equipes, mas o Peixe buscou mais o gol e isso se traduziu nos números. Em finalizações, goleada santista. Foram 14 do time da Vila Belmiro contra apenas duas do Tricolor carioca.

A vitória no Prudentão deixou o Santos com 51 pontos e o Flu perto da zona de rebaixamento - segue com 42 pontos conquistados.

O Fluminense volta a campo no próximo sábado, quando enfrenta o Atlético-MG, às 19h30, no Maracanã. O Santos joga no domingo contra Atlético-PR, em São José do Rio Preto (SP).

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, muito em função também da péssima condição do gramado do Prudentão, o Santos foi quem buscou mais controlar as ações da partida. Alison, Montillo e Thiago Ribeiro arriscaram bons chutes, todos defendidos por Diego Cavalieri, grande figura do Tricolor na primeira etapa. A primeira chegada do Fluminense ocorreu somente aos 42 minutos, quando Rhayner fez boa jogada pela direita e Samuel por pouco não desviou para estufar as redes.

No segundo tempo, o Fluminense voltou disposto a equilibrar a partida. Perdendo a maioria das jogadas no meio-campo na primeira etapa, o técnico Dorival Júnior sacou Samuel e colocou o volante Valencia. A entrada do colombiano deu consistência ao time, que passou a explorar as saídas em velocidade de Rhayner, menos preocupado com a marcação.

E no momento em que o Fluminense era melhor em campo, foi o Santos que abriu o placar. Em bela jogada do ex-tricolor Arouca pela direita, Thiago Ribeiro ganhou a dividida com Igor Julião e só escorou para as redes, abrindo o placar em Presidente Prudente. O técnico Claudinei Oliveira, expulso ainda no primeiro tempo, comemorou com a galera nas arquibancadas.

Depois do gol, Dorival Júnior colocou o Flu para frente, com os atacantes Marcelinho e Biro Biro nos lugares de Edinho e Rafael Sobis, respectivamente. Mas as alterações não surtiram efeito e o Santos controlou bem o time carioca e garantiu a vitória magra, que deixa o Fluminense em situação bastante delicada na tabela de classificação do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 1 X 0 FLUMINENSE

Estádio: Paulo Constantino (Prudentão), em Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 24/11/2013 - 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa-AL)
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL)
Público/Renda: 4.369 pagantes / R$ 115.280,00
Cartões amarelos: Mena, Arouca (SAN), Digão, Rhayner (FLU)
Cartão vermelho: nenhum

GOLS: Thiago Ribeiro, aos 19'/2ºT.

SANTOS: Aranha, Cicinho (Bruno Peres, 37'/2ºT), Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena (Emerson, 19'/2ºT); Alison (Alan Santos, 21'/1ºT), Arouca, Cícero e Montillo; Thiago Ribeiro e Geuvânio. Técnico: Claudinei Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Igor Julião, Anderson, Leandro Euzébio e Digão; Edinho (Marcelinho, 23/2ºT), Jean, e Wágner; Rhayner, Rafael Sobis (Biro Biro, 23'/2ºT) e Samuel (Valencia, Intervalo). Técnico: Dorival Júnior.