icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
31/03/2014
08:00

Santos e Ituano irão decidir quem será o campeão do Paulistão. Com um ataque letal, o Peixe já soma 46 gols na competição e é disparado o melhor no quesito. Por outro lado, o Ituano é a equipe que possui a defesa menos vazada, com apenas 10 gols sofridos. Nos próximos dois fins de semana, as equipes duelarão para decidir o título. As duas partidas serão realizadas no Pacaembu, com renda dividida e maioria dos ingressos (85%) destinados à torcida santista. 

Na classificação geral, Santos e Ituano ocupam hoje a primeira e terceira campanhas do Estadual, respectivamente. Ao vencer o Palmeiras no Pacaembu, o Galo de Itu manteve a fama de melhor visitante da competição. Já são dez jogos longe de seus domínios, com seis vitórias, dois empates e apenas duas derrotas, uma delas justamente para o Peixe por 1 a 0.

No triunfo diante do Palmeiras, o time de Itu chegou à sua quarta partida consecutiva sem sofrer gols na competição. A média de gols sofridos pela equipe do interior é de apenas 0,58 por jogo. 

Adversário do Galo de Itu na final, o Santos possui o melhor ataque do Paulistão. Com 46 tentos marcados, em 17 partidas, a média santista é superior a dois gols por jogo (2,7). O Peixe tem Cícero como seu maior goleador, com oito gols, somente um atrás dos artilheiros do campeonato Luis Fabiano (São Paulo), Léo Costa (Rio Claro) e Alan Kardec (Palmeiras). Nenhum dos seus rivais, porém, atuará mais na competição. 

Quando se enfrentaram na primeira fase, Santos e Ituano fizeram um jogo parelho. Ainda na terceira rodada, o goleiro Aranha fez boas defesas e, junto com Cícero, que fez o gol de falta nos minutos finais, ajudou o Santos a vencer de forma apertada por 1 a 0.

Contra os grandes na primeira fase, o Ituano só não enfrentou o Corinthians, por ser do mesmo grupo, mas terminou na frente do Timão na classificação. Contra o São Paulo, o Galo venceu por 1 a 0, no Morumbi, . Diante do Palmeiras, foram dois jogos, ambos no Pacaembu. Na fase de grupos, derrota por 1 a 0. No último domingo, pela semifinal, vitória inesperada pelo mesmo placar que havia perdido e vaga garantida na decisão.

A final do Campeonato Paulista deste ano não será como a maioria imaginava. A provável decisão com um clássico entre Santos e Palmeiras foi descartada. Resta saber quem irá levar a melhor nos próximos dois jogos. O ataque letal do Santos, ou a defesa intransponível do Ituano.

Atualizada às 13h

Na raça! Santos vira sobre o Penapolense e vai a mais uma final