icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
16:05

O Grêmio revelou através de nota divulgada no site oficial do clube que Enderson Moreira será o treinador da equipe na temporada 2014 - o LANCE!Net havia antecipado a não renovação de Renato Gaúcho e que o ex-Goiás seria confirmado ainda hoje no comando. O técnico de 42 anos será apresentado às 17h30 na sala de conferências do Estádio Olímpico.

O anúncio dá fim às especulações envolvendo uma potencial renovação com o técnico Renato Gaúcho. O ídolo esteve à frente do Grêmio desde julho e levou os gaúchos ao vice-campeonato do Brasileirão. Por conta de uma nova realidade financeira, acabou não renovando contrato. O Tricolor estipulou como teto R$ 300 mil para pagar ao treinador. Renato queria uma valorização e deixou o clube. Enderson ganhou concorrência com nomes como Celso Roth e Gilmar Dal Pozzo, especulados no comando.

O nome de Enderson Moreira surgiu na noite de sábado. Em contato com o LANCE!Net, fontes confirmaram que o treinador estava acertado com os gaúchos após se desligar do Goiás. A diretoria gremista não confirmou e afirmou que o anúncio do novo comandante seria feito até a terça-feira, no máximo. O escolhido sempre gozou de boas referências entre os dirigentes gremistas.

O novo comandante gremista esteve durante dois anos à frente do Goiás. Desde 2011, Enderson acumulou bons trabalhos com o Esmeraldino. Conquistou o acesso à Série A em 2012 com o título da Segundona, levantou duas taças no Campeonato Estadual e quase beliscou uma vaga na Libertadores neste ano - brigou até a última rodada. Esteve também no Fluminense, em 2011, e comandou o Inter B no Gauchão do mesmo ano. Foi demitido pelo então vice de futebol Roberto Siegmann após eliminação na primeira fase do primeiro turno com os jovens - desde então, a equipe B fixa foi dissolvida e hoje é tratada como time sub-23.

Famoso pela observação de jogadores, o treinador foi um dos responsáveis por trás do campeonato meteórico feito pelo "gordinho" Walter, que trabalhou com Enderson na base do Internacional e foi relançado ao futebol brasileiro no Goiás, pelo treinador, após passagem apagada pelo Porto (POR). O atacante foi eleito para a seleção do Brasileirão.