icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2014
13:15

Edinho, filho de Pelé que atua como auxiliar-técnico do Peixe, foi preso na manhã desta terça-feira em Santos. O ex-goleiro foi condenado no último dia 30 de maio por lavagem de dinheiro e tráfico de drogas, e respondia ao processo em liberdade. Segundo o delegado do caso, Luiz Henrique Artacho, foi emitido um mandado de prisao preventiva porque Edinho não entregou o seu passaporte, como determinado. 

- Na verdade não existe a prática de um crime, foi algum problema que teria acontecido com o passaporte, não sabemos qual seria o motivo. Consta que por uma não apresentação do documento esse caráter teria sido revogado - declarou Artacho.

A Polícia Civil foi à casa de Edinho na manhã desta terã e o ex-atleta não ofereceu resistência. Por ordem judicial, ele perdeu o direito de responder ao processo em liberdade, já que não forneceu o documento ao cartório, conforme tinha sido exigido. Até o momento, ele está na cadeia anexa ao 5º DP de Santos.

Em 2005, o filho do Rei foi preso duas vezes, acusado de envolvimento com tráfico de drogas. Na manhã da última segunda-feira ele trabalhou normalmente no CT Rei Pelé, durante o treino do Santos.

O Santos afirma que não irá se envolver por ser uma questão particular do membro da comissão técnica.