icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/11/2013
16:12

O bicampeonato mundial do Santos completa 50 anos neste sábado e é motivo de festa para os torcedores do Peixe a admiração para os que gostam de futebol. A Fifa, por meio de seu site oficial, relembrou o título alvinegro e narrou a saga da equipe na virada histórica sobre o Milan.

Depois de perder o primeiro jogo da decisão por 4 a 2, o Santos ganhou as duas últimas partidas, mesmo sem contar com Pelé.

Confira abaixo trechos do texto publicado na página da entidade máxima do futebol:

"...As perspectivas do clube paulista ficaram prejudicadas pela perda de dois jogadores da Seleção Brasileira, Zito e Calvet, e pareciam ter sofrido um golpe definitivo com o desfalque também de Pelé por contusão..."

"...E essas chances passaram de improváveis a impossíveis para o mais perseverante torcedor em apenas 17 minutos de bola rolando no Estádio do Maracanã. Mazzola e Bruno Mora abriram 2 a 0 para o Milan, e o marcador permaneceu inalterado até o intervalo. Os comandados de Lula tinham mais 45 minutos para fazer três gols sem sofrer nenhum, mas só precisaram de 23 para garantir quatro, com dois canhões do inconfundível Pepe e tentos de Almir Pernambuquinho e Lima selando a emocionante virada para 4 a 2..."

"...Santos e Milan voltaram a se encontrar na mítica arena carioca dois dias depois, há exatos 50 anos neste sábado, para desempatarem o duelo. Embora os primeiros 180 minutos tenham sido marcados por jogadas de habilidade e gols sublimes, os últimos 90 se caracterizaram pelos esforços das defesas e duras divididas no meio-campo. Contudo, eles seriam coroados por um gol solitário..."

"...O Santos venceu o Milan por 1 a 0 e foi bicampeão, provando que se enganavam os que diziam que o time da Vila não ergueria a taça sem o Rei do Futebol."