icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
13/06/2014
13:23

Teve gente que se deu mal na abertura da Copa, em São Paulo, por ter comprado ingresso de segunda mão. Na operação do jogo Brasil x Croácia, a Fifa encontrou 50 bilhetes falsos e frustrou alguns torcedores.

O diretor de marketing da entidade, Thierry Weil, alertou nesta sexta-feira, durante encontro com jornalistas no Maracanã, que mais unidades podem estar circulando e outros torcedores podem acabar prejudicados.

- Achamos ontem esses ingressos. Para nós é muito complicado saber se este é verdadeiro ou falso. Este na minha mão é falso. Peço que comuniquem que há sim ingressos falsos em circulação. Detectamos os falsos só nas roletas. Então, a pessoa fica sem lugar. É desagradável ver uma família chegando com ingresso e não podendo entrar - disse o dirigente, ressaltando que o trabalho de falsificação é profissional:

- Com base na qualidade dos ingressos, apostamos que deve haver uma grande quantidade circulando. Existem alguns ingressos que são cópia grosseira. Mas esse é feito profissionalmente. Por isso estamos alertando. Não é uma xerox grosseira. É claro que algumas partidas vão ser mais alvo do que outras. Se você compra esse ingresso na Inglaterra, você vem para o Brasil e um ingresso falso. É por isso que estamos alertando.

Thierry Weil ainda revelou uma estratégia da Fifa de tirar de circulação do mercado paralelo algumas entradas. Segundo ele, há funcionários que comprar bilhetes em sites para depois ir atrás dos responsáveis, evitando que os ingressos cheguem na mão do consumidor comum.

- Podemos reconhecer algum ingresso e podemos bloquear. Também compramos alguns ingressos dessas plataformas para tomar uma ação. Temos uma equipe completa envolvida nisso - finalizou.