icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães
19/06/2014
17:35

Apesar de ser considerado um dos favoritos para assumir à presidência do Vasco, Fernando Horta não vai se candidatar na eleição do Cruz-Maltino. Em contato com a reportagem do LANCE!Net, o presidente da Unidos da Tijuca destacou que desistiu de participar do pleito porque tem muitos negócios no exterior e não ia conseguir se dedicar exclusivamente ao Gigante da Colina.

- Os negócios estão crescendo e preciso ir com frequência a Portugal. O Vasco precisa de alguém que esteja o tempo inteiro no clube. E, nesse momento, eu não conseguiria - declarou Horta, que seguirá à frente da escola de samba do Borel.

O pleito, que acontecerá no dia 6 de agosto, já teve participação confirmada de sete grupos: "Volta Vasco, volta Eurico", de Eurico Miranda, o "Identidade Vasco", encabeçado por Roberto Monteiro; "Vasco passado a limpo", de Tadeu Correia, "Vira Vasco", de Nelson Rocha, além da "É Vasco", "Vanguarda vascaína" e "Chapa Azul", que ainda não divulgaram quem concorrerá à presidência.

Fernando Horta ainda não definiu qual grupo político vai apoiar na eleição.