icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
17:56

Sem papas na língua, em entrevista à revista "Sexy", o volante Felipe Melo desabafou contra as críticas que vem recebendo desde o fim da Copa do Mundo de 2010. Naquela ocasião, o jogador foi expulso na partida contra a Holanda e a Seleção Brasileira acabou se despedindo da competição nas quartas de final, após derrota por 2 a 1.

- Estou c... e andando sobre o que pensam de mim. Sou muito respeitado na Europa, tenho uma carreira sólida. Estou sempre colocando Deus na frente de tudo. Pouco me importa o que falam. Se for parar para pensar nas pessoas que falam de mim, paro de jogar futebol - declarou o jogador que tem passagens por Flamengo, Cruzeiro, Fiorentina, Juventus e atualmente defende o Galatasaray.

Crucificado, Melo não acredita que aquele lance tenha fechado de vez as portas da Seleção Brasileira.

LEIA MAIS:
> Veja as últimas notícias do futebol internacional
> Raúl tem aposentadoria marcada para junho deste ano

- Não acho que não tenha voltado pelo que aconteceu naquela Copa. Seria muito pequeno, após tantos jogos e apenas uma derrota. Depois da Copa do Mundo de 2010 me tornei um jogador mais versátil. Não creio que uma expulsão tenha fechado as portas. Creio que foi uma opção do treinador - prossegue.

O volante também rechaçou a fama de bad boy. Para ele, o rótulo fica para outros personagens da bola...

- Bad boy era Viola, Romário... Não tenho esse histórico.