icons.title signature.placeholder Rafael Sandrão
icons.title signature.placeholder Rafael Sandrão
05/07/2013
15:44

Após as duas sessões de treinos na manhã desta sexta-feira, o brasileiro Felipe Massa destacou a diferença de performance entre os pneus macios e médios. O bom rendimento dos médios animou o piloto para o treino oficial do próximo sábado e consequente para o GP da Alemanha no domingo.

- Nós dividimos o tempo do treino entre a avaliação dos pneus da Pirelli e um teste de longa duração. Tem uma grande diferença entre os dois compostos, causada pela alta degradação dos macios em comparação com os médios e será interessante ver o tamanho da influência na corrida – afirmou o piloto da Ferrari.

Massa fechou os dois treinos do dia na sexta e sétima colocação, respectivamente. E destacou que geralmente o rendimento do seu carro é melhor na corrida do que nos treinos.

- A classificação permanece sendo o nosso ponto fraco, pois normalmente somos menos competitivos do que na corrida, e é por isso que vamos dar o nosso máximo para largar na frente - finalizou.

Após as duas sessões de treinos na manhã desta sexta-feira, o brasileiro Felipe Massa destacou a diferença de performance entre os pneus macios e médios. O bom rendimento dos médios animou o piloto para o treino oficial do próximo sábado e consequente para o GP da Alemanha no domingo.

- Nós dividimos o tempo do treino entre a avaliação dos pneus da Pirelli e um teste de longa duração. Tem uma grande diferença entre os dois compostos, causada pela alta degradação dos macios em comparação com os médios e será interessante ver o tamanho da influência na corrida – afirmou o piloto da Ferrari.

Massa fechou os dois treinos do dia na sexta e sétima colocação, respectivamente. E destacou que geralmente o rendimento do seu carro é melhor na corrida do que nos treinos.

- A classificação permanece sendo o nosso ponto fraco, pois normalmente somos menos competitivos do que na corrida, e é por isso que vamos dar o nosso máximo para largar na frente - finalizou.