icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
10/02/2015
17:44

O lateral-esquerdo Fabrício não esconde sua ansiedade em iniciar a caminhada na Copa Libertadores com o Internacional. Em entrevista coletiva após o treino desta terça-feira, o jogador de 28 anos afirmou que os tropeços nas primeiras rodadas do Gauchão, como o empate em 4 a 4 com o São José-RS, não podem ser repetidos na competição sul-americana:

- Pela equipe que a gente tem, não pode acontecer. Cheguei ao clube em 2011, teve uma partida na Libertadores em que estávamos ganhando de 1 a 0, e voltou do intervalo, tomamos um, dois gols (diante do Peñarol-URU). E fomos eliminados. Com a desatenção, joga tudo fora por pouca coisa. E a gente tem de se preparar porque Libertadores é que nem Gre-Nal: carrinho, confusão...

Com a chegada de Anderson ao clube, Fabrício diz que buscará atuar mais defensivamente:

- É só você ver os jogadores que temos lá na frente. Tem o Vitinho na esquerda. Vou procurar atuar mais na defensiva. Mas, claro, além de marcar, minha obrigação é ir até a linha de fundo e colocar a bola na cabeça do atacante. Quando der, quero fazer meus golzinhos e ajudar o Inter.