icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
14:17

Constantemente cobrado como postulante à camisa 1 da Seleção Brasileira, Fábio não tem motivos para comemorar quando o assunto é vestir a amarelinha. Convcado em 2003, o goleiro nunca mais voltou ao time do país, apesar da estável boa fase, principalmente na atual temporada, com o título brasileiro de 2013.

Em entrevista ao canal Sportv, Fábio lamentou as poucas chances recebidas, ao contrário de companheiros da posição.

- Respeito todos que estão na Seleção, neste momento, todos tiveram oportunidade. Eu nunca tive a oportunidade. Eu quero é a oportunidade, independentemente de estar chegando a Copa, acho que seria o mais coerente e o mais justo como todos os outros tiveram em todas as posições, não somente especificamente a de goleiro - falou o arqueiro celeste.

MAIS:
> Marcelo Oliveira renova com o Cruzeiro
> Everton Ribeiro se torna maior garçom do Brasileiro

Sem nunca ter sido convocado por Felipão, Fábio teve suas chances praticamente reduzidas a zero nesta segunda-feira. Em entrevista coletiva, o comandante do Brasil comentou que as três vagas para a Copa do Mundo de 2014 serão ocupadas pelos recentes quatro goleiros que apareceram em sua lista. Júlio César e Jefferson estão praticamente garantidos. A última vaga sobraria para Diego Cavalieri ou Victor.

- Vou levar até o fim esses quatro que tenho escolhido. É muito difícil, quase impossível, levar um quinto goleiro para teste - disse Felipão.