icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/06/2014
17:20

Fabiana Murer retomará a temporada ao ar livre nesta quinta-feira, na etapa de Roma (ITA) da Liga Diamante. Única campeã mundial do atletismo brasileiro nessas condições, ela espera obter bons resultados para desafiar sua melhor marca, o recorde sul-americano do salto com vara, de 4,85 metros.

Campeã da Liga Diamante em 2010, Murer irá saltar em Roma, Nova York (EUA), Glasgow (ESC), Mônaco, Birmingham (ING) e Zurique (SUI) e fará competições em Hof (ALE) e Linz (AUT), que não fazem parte do circuito.

– Depois dos Jogos Sul-Americanos, em março, passei por uma fase - que chamamos de base - super bem. Sempre tem uma dorzinha aqui e ali, do treinamento intenso, mas passei por ela sem lesões e cumpri todo o planejamento. Estou contente por isso e pela minha forma física e técnica também. Espero que isso se reflita em bons resultados – disse Fabiana, que viajou para a Itália na última segunda-feira levando uma bagagem para três meses de permanência na Europa.

Este ano, não há pressão por resultados pela ausência, no calendário do atletismo, de competições como Mundial, Pan e Olimpíada. Apesar disso, a atleta disse que a Loga Diamante é uma competição muito forte, com as principais saltadoras do mundo.

– As melhores sempre estão nas etapas, é como no Mundial. Existem provas que não têm todos os bons atletas juntos, mas isso não é assim no salto com vara - as melhores, todas elas, sempre entram. Cada etapa é um Mundial. Acho que é um ano importante para tentar buscar resultados, para tentar saltar alto, meu objetivo.

Na etapa de Roma, competirão cinco das dez primeiras colocadas no ranking mundial de 2013: a cubana Yarisley Silva (2ª, com 4,90 m), campeã mundial indoor em Sopot/2014, bronze no Mundial de Moscou/2013 e prata na Olimpíada de Londres/2012; a alemã Silke Spiegelburg (4ª, com 4,79 m); a checa Jirina Svobodova (5ª, com 4,76 m); a brasileira Fabiana Murer (6ª, com 4,75 m); e a russa Anastasiya Shavchenko (7ª, com 4,73 m).