icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
31/07/2013
06:00

Etiene Medeiros foi a primeira brasileira a se classificar para as semifinais do Mundial de Esportes Aquáticos na manhã desta quarta-feira, no Palau Sant Jordi, em Barcelona. Ela ficou com o quinto melhor tempo no geral entre as nadadoras dos 50m costas, e voltará à piscina para tentar garantir-se entre as finalistas. De quebra, ainda terminou à frente de Missy Franklin, considerada a maior promessa da natação mundial.

Etiene completou a prova em 28s16, enquanto a americana fez 28s44. A diferença rendeu a quinta posição para a brasileira, enquanto Missy ficou com a 13ª posição no geral. O melhor tempo ficou com a chinesa Yanhui Fu, que cravou 27s55. Ela foi seguida pela compatriota Jing Zhao, que fez 27s81.

- Antigamente, eu tinha um pouco de medo (de nadar ao lado de uma estrela). Hoje, eu olho e não penso mais: "É a Missy Franklin". Ela consegue, eu tenho que conseguir também, eu posso. Eu cheguei e vi apenas meu tempo. Nos 50m costas você tem de ver só o seu resultado para se classificar - afirmou Etiene, logo após a prova.

As duas voltam à piscina a partir das 13h (de Brasília), quando tentarão ficar entre as oito melhores colocadas, que vão à decisão.

Etiene Medeiros foi a primeira brasileira a se classificar para as semifinais do Mundial de Esportes Aquáticos na manhã desta quarta-feira, no Palau Sant Jordi, em Barcelona. Ela ficou com o quinto melhor tempo no geral entre as nadadoras dos 50m costas, e voltará à piscina para tentar garantir-se entre as finalistas. De quebra, ainda terminou à frente de Missy Franklin, considerada a maior promessa da natação mundial.

Etiene completou a prova em 28s16, enquanto a americana fez 28s44. A diferença rendeu a quinta posição para a brasileira, enquanto Missy ficou com a 13ª posição no geral. O melhor tempo ficou com a chinesa Yanhui Fu, que cravou 27s55. Ela foi seguida pela compatriota Jing Zhao, que fez 27s81.

- Antigamente, eu tinha um pouco de medo (de nadar ao lado de uma estrela). Hoje, eu olho e não penso mais: "É a Missy Franklin". Ela consegue, eu tenho que conseguir também, eu posso. Eu cheguei e vi apenas meu tempo. Nos 50m costas você tem de ver só o seu resultado para se classificar - afirmou Etiene, logo após a prova.

As duas voltam à piscina a partir das 13h (de Brasília), quando tentarão ficar entre as oito melhores colocadas, que vão à decisão.