icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2014
14:51

Agora só um imprevisto pode evitar a estreia de Kaká no retorno ao São Paulo. Depois de escalá-lo em jogo-treino realizado na tarde da última quinta-feira, o técnico Muricy Ramalho confirmou em entrevista coletiva nesta sexta-feira que o craque será titular diante do Goiás, às 16h de domingo, no estádio Serra Dourada.

- Ele está se sentindo bem. Ele treinou muito duro, muito forte desde que chegou e já estava passando do tempo para jogar. Estava com excesso de treinos, então tinha que jogar. Não dava mais para ficar treinando de sábado e domingo de manhã e de tarde. Estava extrapolando. Ele precisa jogar. Não é só treinamento que prepara jogador. Ele está se sentindo bem e e só por isso que vai jogar - afirmou o comandante.

Muricy deixou claro que manteve conversas frequentes com Kaká desde que o meia se juntou ao elenco no dia 6 de julho. Segundo o treinador, a comissão técnica se preocupou em não estipular nenhum prazo para o craque estrear, sendo a única obrigação prevista inicialmente a estreia em uma partida no Morumbi. A cláusula, que era imposta pelo Orlando City (EUA), acabou derrubada em acordo de cavalheiros.

Com a liberação dos americanos, que fecharam o empréstimo ao São Paulo, Kaká está livre para entrar em campo em Goiânia pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. A única preocupação de Muricy Ramalho, agora, é quanto ao ritmo de jogo, já que o meia não atua desde maio, quando a participação do Milan no Campeonato Italiano terminou. O temor é o mesmo em relação ao zagueiro Rafael Toloi, que estava na Roma.

- Eles não fizeram a 'intertemporada' nos Estados Unidos, mas fizeram aqui. Fizeram a parte física em tempo suficiente. Para ver se estão prontos mesmo é so no jogo, com estresse, adversário, competição. Eles podem estranhar, não jogam há muito tempo, quase 60 dias. Vão sentir, mas é so jogando que entra em ritmo. Estamos fazendo muitos treinos, mas jogo é diferente - disse.