icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/11/2013
17:13

O estádio Dr. Osvaldo Teixeira Duarte, que pertence à Portuguesa e é popularmente conhecido como Canindé, foi interditado nesta terça-feira, de acordo com o site da Federação Paulista de Futebol. A entidade publicou um laudo de segurança feito no local no dia 31/10 para justificar o fechamento.

O laudo cita alguns problemas para justificar a interdição. A falta da uma Central de Comando, o fato de existir apenas uma câmera operando na parte interna do estádio, a localização do portão de acesso da torcida visitante, a presença de placas de madeira em portões utilizados em dias de jogos, a localização do Posto de Comando da Polícia Militar, o estado de conservação do local, sinais de infiltração e queda de concreto e a venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos próximos estão entre os fatores listados.

O comunicado estabelece como prazo o dia 30/04 do ano que vem para que ao menos mais uma câmera seja instalada para monitorar a parte interna do estádio. De acordo com o documento, a quantidade importante caso mais de um incidente esteja acontecendo ao mesmo tempo no local.

Além disso, a Portuguesa deverá aumentar as telas de proteção no local de acesso dos árbitros até o dia 31/01 do ano que vem e trocar as placas de madeira por placas de aço nos portões utilizados em dias de jogos até o dia 15/03/2014.

A notícia vem pouco depois de que torcedores do Coritiba e policiais militares protagonizaram confusão no local no sábado, no empate por 0 a 0 com a Portuguesa, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

VEJA AS CONCLUSÕES DO LAURO PUBLICADO: