icons.title signature.placeholder Thiago Ferri
27/02/2015
10:35

A CBF já definiu o nome de quem vai assumir a coordenação da base da Seleção Brasileira. O "reforço" vem do Palmeiras e trata-se de Erasmo Damiani, que exercia esta função no Verdão desde 2013.

Ele terá a função antes acumulada por Alexandre Gallo, que permanece como treinador das equipes olímpica e sub-20 do Brasil.

Na última quarta-feira, o diretor de seleções da CBF Gilmar Rinaldi procurou o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, e o diretor-executivo do clube, Alexandre Mattos, pedindo autorização para conversar com o Damiani. O Palmeiras aceitou. Na quinta, eles se acertaram, e Damiani então comunicou ao clube da decisão.

O então dirigente alviverde tinha boa relação com a CBF e já teve conversas anteriores com a entidade, mas sobre formas de trabalho na base. Nenhuma oferta para trabalhar lá havia sido feita, até que nesta quarta que veio o convite e na quinta Damiani se acertou com a entidade.

Antes de trabalhar no Verdão, Damiani passou pelo comando da base de Figueirense e Atlético-PR. Ele deve ir nesta segunda ao Rio de Janeiro (RJ) para definir o acordo, e na terça passará na Academia para resolver as últimas pendências no clube.