icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2013
09:03

Maldonado foi um bom substituto para Ralf no empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR, na Vila Capanema. O chileno, que voltou a ser titular em uma partida após um ano e cinco meses, não comprometeu em nenhum lance e mostrou-se em condições de atuar na posição pelo Corinthians.

- O resultado foi mais que merecido. Estávamos atrás e conseguimos o empate. Esperamos melhorar no próximo jogo. É difícil analisar se o time jogou bem ou mal, infelizmente tivemos de nos acostumar com o campo diferente, mas valeu pelo empate, corremos atrás e equilibramos o jogo. Foi merecido - disse ele, na saída do gramado.

O último jogo do volante de 33 anos como titular havia sido em 16 de fevereiro de 2012. Ainda no Flamengo, o jogador participou do empate em 1 a 1 com o Lanús (ARG), pela Copa Libertadores.

Com dores no músculo adutor da coxa direita, Ralf foi vetado pelo departamento médico e nem viajou com o elenco para Curitiba, abrindo espaço para o companheiro. Com uma semana para a recuperação, porém, o camisa 5 deve reassumir o seu lugar no time no domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu.

Em gramado encharcado, Corinthians empata com Atlético-PR

Maldonado foi um bom substituto para Ralf no empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR, na Vila Capanema. O chileno, que voltou a ser titular em uma partida após um ano e cinco meses, não comprometeu em nenhum lance e mostrou-se em condições de atuar na posição pelo Corinthians.

- O resultado foi mais que merecido. Estávamos atrás e conseguimos o empate. Esperamos melhorar no próximo jogo. É difícil analisar se o time jogou bem ou mal, infelizmente tivemos de nos acostumar com o campo diferente, mas valeu pelo empate, corremos atrás e equilibramos o jogo. Foi merecido - disse ele, na saída do gramado.

O último jogo do volante de 33 anos como titular havia sido em 16 de fevereiro de 2012. Ainda no Flamengo, o jogador participou do empate em 1 a 1 com o Lanús (ARG), pela Copa Libertadores.

Com dores no músculo adutor da coxa direita, Ralf foi vetado pelo departamento médico e nem viajou com o elenco para Curitiba, abrindo espaço para o companheiro. Com uma semana para a recuperação, porém, o camisa 5 deve reassumir o seu lugar no time no domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu.

Em gramado encharcado, Corinthians empata com Atlético-PR