icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/07/2013
21:11

Santos e Ponte Preta entram em campo neste sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela nona rodada do Brasileirão, almejando motivos completamente diferentes. Sétimo colocado com 12 pontos, o Peixe busca encostar no G4, enquanto a Macaca, com apenas sete pontos conquistados, ocupa a 17ª colocação na tabela.

A equipe do técnico Claudinei Oliveira terá mudanças em relação ao último compromisso, quarta-feira, diante do Crac, pela Copa do Brasil. Na ocasião, o treinador poupou o zagueiro Edu Dracena, o lateral-esquerdo Léo e os meias Cícero e Montillo, que voltam ao time neste sábado. Além deles, o volante Arouca, que estava com edema muscular na coxa esquerda, já está recuperado e será titular.

A dúvida na cabeça do treinador é em relação à entrada de Cicinho, que pode surpreender e entrar no lugar de Galhardo, na lateral direita, ou Leandrinho, no meio de campo. Na segunda parte do treinamento desta sexta-feira, o jogador entrou no lugar do lateral-direito, mas deve iniciar como opção no banco de reservas. Ele foi contratado recentemente justamente da Ponte Preta e pode reencontrar seu ex-time.

No ataque, Willian José segue no banco de reservas - assim como foi diante do Crac - e Giva forma a dupla com Neilton. O técnico Claudinei Oliveira acredita que com o esquema de dois atacantes mais abertos, sem ter um centralizado, o meia argentino Montillo pode render mais na partida.

 - O Montillo foi bem foi quando entrou o Giva, foi assim que ele deslanchou na partida e a gente espera que desde o primeiro momento ele possa ter essa facilidade e apresentar seu melhor futebol - disse o treinador.

Já a Ponte Preta volta a campo após duas semanas de folga, por conta do adiamento da partida contra o Altético-MG, que seria realizada no último domingo. Parte do elenco viajou para Manaus, onde enfrentou o Nacional-AM, na última quarta-feira, pela partida de volta da terceira de volta da Copa do Brasil. De olho em uma vaga na Sul-Americana, a Macaca levou apenas os reservas e foi derrotada novamente por 1 a 0, sendo eliminada da competição.

O restante dos jogadores - inclusive o técnico Paulo César Carpegiani - ficaram em Campinas treinando focados no Santos. A novidade na equipe deve ser o lateral-direito peruano Luis Advíncula, que foi contratado na última semana e vem agradando a comissão técnica nos treinamentos. O atleta disputa vaga com Artur.

Já o volante Magal deve retornar à equipe no lugar de Paulo Roberto. O restante do time não terá alterações em relação ao que empatou com o Bahia, por 0 a 0, no último dia 13, em Campinas. A aposta do treinador é novamente no trio de ataque, com Chiquinho, Rildo e o artilheiro William.

Para conseguir a primeira vitória em casa, a diretoria pontepretana anunciou promoção de ingressos: Torcedores com a camisa da Ponte pagam meia-entrada, no valor de R$ 20. Ainda, o clube anunciou a suspensão da setorização da geral do estádio, que, após a parceria com a Brahma, havia reservado o espaço nobre, na lateral do campo, apenas para sócios-torcedores. As torcidas organizadas e torcedores "comuns" foram deslocados para trás do gol, causando muita reclamação entre os pontepretanos.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SANTOS

Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Data e hora: 27/7/13, às 21h
Árbitro: Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

PONTE PRETA: Roberto; Luis Advíncula (Artur), Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Magal e Ramirez; Chiquinho, William e Rildo. Técnico: Paulo César Carpegiani.

SANTOS: Aranha; Galhardo (Cicinho), Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Neilton e Giva. Técnico: Claudinei Oliveira.

Santos e Ponte Preta entram em campo neste sábado, às 21h, no Moisés Lucarelli, em Campinas, pela nona rodada do Brasileirão, almejando motivos completamente diferentes. Sétimo colocado com 12 pontos, o Peixe busca encostar no G4, enquanto a Macaca, com apenas sete pontos conquistados, ocupa a 17ª colocação na tabela.

A equipe do técnico Claudinei Oliveira terá mudanças em relação ao último compromisso, quarta-feira, diante do Crac, pela Copa do Brasil. Na ocasião, o treinador poupou o zagueiro Edu Dracena, o lateral-esquerdo Léo e os meias Cícero e Montillo, que voltam ao time neste sábado. Além deles, o volante Arouca, que estava com edema muscular na coxa esquerda, já está recuperado e será titular.

A dúvida na cabeça do treinador é em relação à entrada de Cicinho, que pode surpreender e entrar no lugar de Galhardo, na lateral direita, ou Leandrinho, no meio de campo. Na segunda parte do treinamento desta sexta-feira, o jogador entrou no lugar do lateral-direito, mas deve iniciar como opção no banco de reservas. Ele foi contratado recentemente justamente da Ponte Preta e pode reencontrar seu ex-time.

No ataque, Willian José segue no banco de reservas - assim como foi diante do Crac - e Giva forma a dupla com Neilton. O técnico Claudinei Oliveira acredita que com o esquema de dois atacantes mais abertos, sem ter um centralizado, o meia argentino Montillo pode render mais na partida.

 - O Montillo foi bem foi quando entrou o Giva, foi assim que ele deslanchou na partida e a gente espera que desde o primeiro momento ele possa ter essa facilidade e apresentar seu melhor futebol - disse o treinador.

Já a Ponte Preta volta a campo após duas semanas de folga, por conta do adiamento da partida contra o Altético-MG, que seria realizada no último domingo. Parte do elenco viajou para Manaus, onde enfrentou o Nacional-AM, na última quarta-feira, pela partida de volta da terceira de volta da Copa do Brasil. De olho em uma vaga na Sul-Americana, a Macaca levou apenas os reservas e foi derrotada novamente por 1 a 0, sendo eliminada da competição.

O restante dos jogadores - inclusive o técnico Paulo César Carpegiani - ficaram em Campinas treinando focados no Santos. A novidade na equipe deve ser o lateral-direito peruano Luis Advíncula, que foi contratado na última semana e vem agradando a comissão técnica nos treinamentos. O atleta disputa vaga com Artur.

Já o volante Magal deve retornar à equipe no lugar de Paulo Roberto. O restante do time não terá alterações em relação ao que empatou com o Bahia, por 0 a 0, no último dia 13, em Campinas. A aposta do treinador é novamente no trio de ataque, com Chiquinho, Rildo e o artilheiro William.

Para conseguir a primeira vitória em casa, a diretoria pontepretana anunciou promoção de ingressos: Torcedores com a camisa da Ponte pagam meia-entrada, no valor de R$ 20. Ainda, o clube anunciou a suspensão da setorização da geral do estádio, que, após a parceria com a Brahma, havia reservado o espaço nobre, na lateral do campo, apenas para sócios-torcedores. As torcidas organizadas e torcedores "comuns" foram deslocados para trás do gol, causando muita reclamação entre os pontepretanos.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X SANTOS

Local: Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Data e hora: 27/7/13, às 21h
Árbitro: Rogerio Pablos Zanardo (SP)
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

PONTE PRETA: Roberto; Luis Advíncula (Artur), Ferron, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Magal e Ramirez; Chiquinho, William e Rildo. Técnico: Paulo César Carpegiani.

SANTOS: Aranha; Galhardo (Cicinho), Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Neilton e Giva. Técnico: Claudinei Oliveira.