icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/04/2014
21:00

O último encontro de Tito Vilanova com o elenco do Barcelona foi marcado por muita emoção. O atacante Messi foi um dos jogadores que não conseguiram segurar as lágrimas. Nesta segunda-feira, com missa realizada na Catedral de Barcelona, o grupo blaugrana se despediu do ex-treinador, morto na última sexta-feira, aos 45 anos, em decorrência de um câncer.

A cerimônia também contou com ex-presidentes do clube como Joan Gaspart, Joan Laporta e Sandro Rosell.

Além dos jogadores, a missa foi acompanhada pela família de Tito, amigos, atual diretoria e outros funcionários do Barça. Do lado de fora, foi montado um telão para o público. Segundo o "Mundo Deportivo", 1.500 pessoas entraram na Catedral, ao passo que 500 ficaram na parte externa.

- Nos despedimos de um homem bom, humilde e honesto. Quero dar o último adeus em nome de todos os presidentes do Barcelona. Nunca nos esqueceremos de Tito - disse o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu.

Auxiliar de Guardiola, Tito assumiu a equipe em 2012, quando o primeiro anunciou a saída. Com apenas uma temporada à frente do Barcelona, Tito foi campeão espanhol com um recorde de 100 pontos. Em julho de 2013, ele foi obrigado a se desligar do clube para retomar a luta contra o câncer. A batalha durou quase dois anos e meio.