icons.title signature.placeholder Thiago Fernandes
18/07/2014
15:05

A lateral esquerda tem sido a principal dor de cabeça do Cruzeiro durante a temporada. Contratado no início do ano, Miguel Samudio assumiu a vaga de Egídio e chegou a ameaçá-lo. O camisa 6, no entanto, recuperou a condição de titular com a lesão do paraguaio na coxa direita e, desde então, tem se destacado.

O momento de Egídio lhe rende elogios de Marcelo Oliveira. Após o triunfo sobre o Vitória, nessa quinta-feira, o treinador traçou o perfil do jogador e revelou que tem feito cobranças a ele em relação aos descuidos no sistema defensivo.

– O Egídio é, às vezes, contestado porque é um jogador muito disponível. O Egídio, em um jogo de futebol, corre doze quilômetros, passa com vinte, trinta arrancadas lá de trás até o ataque. É importante que ele faça isso, mas ao mesmo tempo, temos que dar cobertura – disse o treinador, que ainda completou:

– Um jogador que se expõe dessa maneira tende mais ao erro. Cobro dele não perder a bola no campo defensivo.

Neste domingo, às 16h, quando a Raposa enfrenta o Palmeiras, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Brasileirão, Egídio deve seguir como lateral-esquerdo titular da equipe.

Confira os números dos laterais do Cruzeiro
Egídio
21 jogos / 0 gol / 6 assistências / 75 desarmes / 15 finalizações / 25 faltas recebidas / 3 cartões amarelos

Samudio
12 jogos / 2 gols / 1 assistência / 50 desarmes / 12 finalizações / 9 faltas recebidas / 6 cartões amarelos