icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2013
20:45

O zagueiro Edu Dracena foi a novidade do treino desta segunda-feira, na reapresentação do Santos após a vitória sobre o São Paulo. Recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo, o capitão voltou a fazer atividade com bola e ficou mais próximo de retornar aos gramados.

Apesar da melhora, Edu ainda seguirá fora do time na partida desta quarta-feira, contra o Crac-GO, pela terceira fase da Copa do Brasil. Seu retorno provável é no próximo sábado, contra a Portuguesa, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

Sendo assim, o elogiado Gustavo Henrique seguirá na zaga formando dupla com Durval.

O treino contou apenas com os jogadores que não enfrentaram o São Paulo ou entraram no decorrer da partida. Os que foram titulares fizeram  trabalho regenerativo.

Outra novidade foi a presença de Victor Andrade na atividade com bola. Ele está há cerca de um mês afastado por conta de duas cirurgias, uma de desvio de septo e outra para retirar as amígdalas.

O jovem atacante, de 17 anos, ainda não teve oportunidade com Claudinei Oliveira, com quem trabalhou nas categorias de base, e vive a expectativa de ficar pelo menos no banco de reservas nesta quarta. Ele ficou um período sem treinar por conta das operações e por isso ainda não se encontra em plenas condições físicas.

O zagueiro Edu Dracena foi a novidade do treino desta segunda-feira, na reapresentação do Santos após a vitória sobre o São Paulo. Recuperado de uma tendinite no joelho esquerdo, o capitão voltou a fazer atividade com bola e ficou mais próximo de retornar aos gramados.

Apesar da melhora, Edu ainda seguirá fora do time na partida desta quarta-feira, contra o Crac-GO, pela terceira fase da Copa do Brasil. Seu retorno provável é no próximo sábado, contra a Portuguesa, na Vila Belmiro, pelo Brasileirão.

Sendo assim, o elogiado Gustavo Henrique seguirá na zaga formando dupla com Durval.

O treino contou apenas com os jogadores que não enfrentaram o São Paulo ou entraram no decorrer da partida. Os que foram titulares fizeram  trabalho regenerativo.

Outra novidade foi a presença de Victor Andrade na atividade com bola. Ele está há cerca de um mês afastado por conta de duas cirurgias, uma de desvio de septo e outra para retirar as amígdalas.

O jovem atacante, de 17 anos, ainda não teve oportunidade com Claudinei Oliveira, com quem trabalhou nas categorias de base, e vive a expectativa de ficar pelo menos no banco de reservas nesta quarta. Ele ficou um período sem treinar por conta das operações e por isso ainda não se encontra em plenas condições físicas.