icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
16/07/2013
11:47

Dunga não quer saber de salto alto do Internacional contra o América-MG, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Apesar de a situação do time colorado no duelo pela terceira fase da competição estar confortável - já que o time venceu o jogo de ida por 3 a 1, em casa - o treinador pede atenção contra o Coelho, em Belo Horizonte.

- Futebol se decide no campo, o resto é conversa. Tem que respeitar o adversário, tem que jogar. Temos visto que o futebol hoje é muito parelho - afirmou o treinador, em coletiva após a atividade desta terça-feira, na Gávea.

- Já foi primeiro tempo, agora vamos para o segundo tempo. O adversário está em casa, não decidimos nada ainda. Temos que começar como se estivesse 0 a 0.

O comandante colorado tem indefinições no meio-campo do time e preferiu não adiantar qual solução vai usar diante dos mineiros. Fabrício foi poupado do último treinamento e Airton, que se recuperou nesta semana de uma febre, só se juntará à delegação em Belo Horizonte.

- Treinamos hoje e vamos ver a reação do Fabrício e do próprio Airton, que se apresenta hoje. Vamos ver a condições. Airton ficou em Porto Alegre, achamos melhor fazer um treinamento diferenciado, em dois períodos. Vamos ver como ele reagiu - completou o treinador.

O Internacional enfrenta o América-MG às 21h50 desta quarta-feira, no Independência.

Dunga não quer saber de salto alto do Internacional contra o América-MG, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. Apesar de a situação do time colorado no duelo pela terceira fase da competição estar confortável - já que o time venceu o jogo de ida por 3 a 1, em casa - o treinador pede atenção contra o Coelho, em Belo Horizonte.

- Futebol se decide no campo, o resto é conversa. Tem que respeitar o adversário, tem que jogar. Temos visto que o futebol hoje é muito parelho - afirmou o treinador, em coletiva após a atividade desta terça-feira, na Gávea.

- Já foi primeiro tempo, agora vamos para o segundo tempo. O adversário está em casa, não decidimos nada ainda. Temos que começar como se estivesse 0 a 0.

O comandante colorado tem indefinições no meio-campo do time e preferiu não adiantar qual solução vai usar diante dos mineiros. Fabrício foi poupado do último treinamento e Airton, que se recuperou nesta semana de uma febre, só se juntará à delegação em Belo Horizonte.

- Treinamos hoje e vamos ver a reação do Fabrício e do próprio Airton, que se apresenta hoje. Vamos ver a condições. Airton ficou em Porto Alegre, achamos melhor fazer um treinamento diferenciado, em dois períodos. Vamos ver como ele reagiu - completou o treinador.

O Internacional enfrenta o América-MG às 21h50 desta quarta-feira, no Independência.