icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/03/2014
18:38

O atacante Drogba, um dos maiores ídolos da história do Chelsea, voltou ao Stamford Bridge nesta terça-feira com a camisa do Galatasaray pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, e saiu eliminado, com um cartão amarelo, sem gol, mas com muitas homenagens. A vitória tranquila do time da casa por 2 a 0, com boas participações de Oscar e Hazard, acabou sendo natural.

O goleiro Cech ainda completou 100 jogos pelo Chelsea na Liga dos Campeões. É o 19º do clube a alcançar tal marca. No fim de semana, o time tem o clássico contra o Arsenal pelo Campeonato Inglês. O jogo é decisivo na disputa pelo título. O Galatasaray, segundo colocado da Liga Turca, tem cinco pontos de desvantagem em relação ao Fenerbahçe, mas uma partida a mais. No fim de semana pega o Kayserispor, lanterna do torneio.

O JOGO
O Galatasaray precisava sair mais para o jogo, pois o 0 a 0 seria do Chelsea. Mas em momento nenhum chegou a levar perigo para o gol dos Blues. Na verdade, na etapa inicial, os turcos não acertaram o alvo uma vez sequer, a defesa do time da casa estava bem postada.

A condição deu calma o suficiente para time avançar. Em algumas oportunidades com muitos jogadores. E o gol nem demorou a sair. Oscar e Hazard, os dois melhores no primeiro tempo, movimentaram-se muito bem. O belga começou a jogada já perto da área, tocou para o brasileiro, que acertou ótimo passe para Eto'o, que chutou e Muslera não defendeu.

Na sequência, o jogo ficou bem definido. O Galatasaray não conseguia ter muita criatividade, e em alguns momentos apelava para a violência. Enquanto isso, o Chelsea seguia criando chances. Antes de sair o segundo, Terry e Willian desperdiçaram chances. Até sair o gol, que muito se deve a Oscar, que recuperou uma bola praticamente perdida e conseguiu o escanteio. Na cobrança, Terry cabeceou, Muslera defendeu e colocou nos pés de Cahill, que soltou o foguete. Já era reta final da etapa

Torcida levou uma bandeira para Drogba (Foto: Ben Stansall/ AFP)

SEGUNDO TEMPO
No segundo tempo, o Chelsea apenas controlou a partida, não chegou a forçar, e também não sofreu perigos. Quando tinha a oportunidade, atacava. E até teve boas oportunidades, como na boa jogada de Hazard, em que demorou a chutar, depois na finalização forte de Willian...

Com o passar do tempo, o Chelsea foi diminuindo o ritmo cada vez mais, Hazard de vez em quando arriscava alguma jogada, mas a vitória estava mais do que garantida, assim como a vaga. Em alguns momentos, dava a impressão até de que o time já se poupava para o jogo contra o Arsenal pelo Campeonato Inglês no próximo fim de semana.

Chelsea está nas quartas de final da Liga dos Campeões (Foto: Ben Stansall/ AFP)

FICHA TÉCNICA
CHELSEA 2x0 GALATASARAY

Local: Stamford Bridge, em Londres (ING)
Data-Hora: 18/03/2014, às 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)

GOLS: Eto'o (4'/1ºT) Cahill (42'/2ºT)

CARTÕES AMARELOS: Felipe Melo (GAL), Oscar (CHE), Ivanovic (CHE), Drogba (GAL), Inan (GAL)
CARTÕES VERMELHOS: não houve

CHELSEA: Cech, Ivanovic, Cahill, Terry e Azpilicueta; Lampard e Ramires; Oscar (Schürrle, 35'/2ºT), Willian (Kalas, 47'/2ºT) e Hazard; Eto'o (Torres, 40'/2ºT). Técnico: José Mourinho
GALATASARAY: Muslera, Eboué (Hajrarovic, 31'/2ºT, Chedjou, Kaya e Alex Telles; Felipe Melo, Inan, Kurtulus (Balta, 21'/2ºT) e Sneijder; Yilmaz (Bulut, 8'/2ºT) e Drogba. Técnico: Roberto Mancini