icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/08/2015
12:48

O Borussia Dortmund venceu o Hertha Berlin por 3 a 1, neste domingo, 30, no Signal Iduna Park, chegou aos 12 pontos e assumiu a liderança no Campeonato Alemão. Hummels, Aubameyang e Ramos foram os autores dos gols e principais nomes da partida.

Dono de uma campanha impecável na Bundesliga, com quatro vitórias e 100% de aproveitamento, o Dortmund teve problemas nos primeiros minutos de jogo. O técnico Pál Dárdai, do Hertha Berlin, congestionou o meio-campo de sua equipe para tentar impedir as jogadas em velocidade dos donos da casa, através do trio Reus, Aubameyang e Mkhitaryan. A tática inicial funcionou e o Hertha, mais bem organizado, quase conseguiu abrir o placar aos 16 minutos, com o atacante Haraguchi. Contudo, o camisa 24 demorou muito para finalizar a jogada, dando tempo para Hummels aparecer e cortar no momento do chute.

E como no futebol a bola pune, quem não faz, leva. Em cobrança curta de escanteio, Kagawa jogou na área e Humells subiu mais alto para marcar de cabeça.

O gol animou a equipe que passou a controlar o jogo, mas pecou nas finalizações. Nos 45 minutos finais, o Dortmund seguiu melhor e chegou ao segundo gol, com o atacante Aubameyang. O japonês Kagawa acertou um lindo lançamento para área, o lateral Ginter recebeu e tocou para o atacante, totalmente livre de marcação, só empurrar para o fundo das redes.

Hummels festeja após abrir o placar para o Dortmund (Foto: Reprodução/Dortmund)

Atrás no marcador, o Hertha precisou se soltar e ser mais ousado em campo. Explorando as laterais, os visitantes ameaçaram e conseguiram diminuir, com Kalou, em posição irregular, após rebote do goleiro Burki.

O time de Berlim se animou e partiu com tudo para o ataque, levando muito perigo para defesa do Dortmund. Contudo, nos acréscimos do segundo tempo, Ramos, que havia entrado no lugar de Gundogan, recebeu passe de letra de Mkhitaryan, passou pelo defensor e chutou para fechar o placar, garantindo a vitória por 3 a 1 e a liderança para o Dortmund na Bundesliga.



O Borussia Dortmund venceu o Hertha Berlin por 3 a 1, neste domingo, 30, no Signal Iduna Park, chegou aos 12 pontos e assumiu a liderança no Campeonato Alemão. Hummels, Aubameyang e Ramos foram os autores dos gols e principais nomes da partida.

Dono de uma campanha impecável na Bundesliga, com quatro vitórias e 100% de aproveitamento, o Dortmund teve problemas nos primeiros minutos de jogo. O técnico Pál Dárdai, do Hertha Berlin, congestionou o meio-campo de sua equipe para tentar impedir as jogadas em velocidade dos donos da casa, através do trio Reus, Aubameyang e Mkhitaryan. A tática inicial funcionou e o Hertha, mais bem organizado, quase conseguiu abrir o placar aos 16 minutos, com o atacante Haraguchi. Contudo, o camisa 24 demorou muito para finalizar a jogada, dando tempo para Hummels aparecer e cortar no momento do chute.

E como no futebol a bola pune, quem não faz, leva. Em cobrança curta de escanteio, Kagawa jogou na área e Humells subiu mais alto para marcar de cabeça.

O gol animou a equipe que passou a controlar o jogo, mas pecou nas finalizações. Nos 45 minutos finais, o Dortmund seguiu melhor e chegou ao segundo gol, com o atacante Aubameyang. O japonês Kagawa acertou um lindo lançamento para área, o lateral Ginter recebeu e tocou para o atacante, totalmente livre de marcação, só empurrar para o fundo das redes.

Hummels festeja após abrir o placar para o Dortmund (Foto: Reprodução/Dortmund)

Atrás no marcador, o Hertha precisou se soltar e ser mais ousado em campo. Explorando as laterais, os visitantes ameaçaram e conseguiram diminuir, com Kalou, em posição irregular, após rebote do goleiro Burki.

O time de Berlim se animou e partiu com tudo para o ataque, levando muito perigo para defesa do Dortmund. Contudo, nos acréscimos do segundo tempo, Ramos, que havia entrado no lugar de Gundogan, recebeu passe de letra de Mkhitaryan, passou pelo defensor e chutou para fechar o placar, garantindo a vitória por 3 a 1 e a liderança para o Dortmund na Bundesliga.