icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães e Felipe Lucena
icons.title signature.placeholder Daniel Guimarães e Felipe Lucena
16/07/2013
16:41

Durante o jogo-treino entre os reservas e o time de Juniores do Vasco, na manhã desta terça-feira, um jogador das categorias de base parece ter chamado a atenção do técnico Dorival Júnior. Trata-se do lateral esquerdo Henrique, de 19 anos, que já treinará entre os profissionais na atividade da próxima quarta-feira.

Após a partida, Dorival chamou o ex-atacante Sorato, campeão brasileiro pelo Vasco em 1989 e técnico da equipe de Juniores, para conversar e pediu para observá-lo entre os profissionais.

- O Dorival pediu para o Henrique ser melhor observado no time de cima e esperamos que ele possa demonstrar o bom trabalho que vem mostrando na base entre os profissionais - disse Sorato.

Henrique chegou ao Vasco ainda em 2005 e passou por todas as categorias da base cruz-maltina, onde chegou a ser chamado de novo Felipe. Sobre o estilo de jogo do jovem, Sorato frisou ser muito veloz e muito habilidoso.

- Ele é agudo. Muito rápido, tem muita qualidade com a perna esquerda e também é bom marcador - acrescentou.

Um fato que pode ser positivo para Henrique é escassez na lateral-esquerda vascaína. No elenco atual, o técnico Dorival Júnior conta apenas com o jovem Dieyson e com o peruano Yotún, que desde a sua chegada ainda não conseguiu se firmar na equipe. Na partida contra o Flamengo, por exemplo, o volante Wendel foi escalado na posição. No jogo-treino desta manhã, mais um improviso: Fillipe Soutto atuou na lateral-esquerda.

Durante o jogo-treino entre os reservas e o time de Juniores do Vasco, na manhã desta terça-feira, um jogador das categorias de base parece ter chamado a atenção do técnico Dorival Júnior. Trata-se do lateral esquerdo Henrique, de 19 anos, que já treinará entre os profissionais na atividade da próxima quarta-feira.

Após a partida, Dorival chamou o ex-atacante Sorato, campeão brasileiro pelo Vasco em 1989 e técnico da equipe de Juniores, para conversar e pediu para observá-lo entre os profissionais.

- O Dorival pediu para o Henrique ser melhor observado no time de cima e esperamos que ele possa demonstrar o bom trabalho que vem mostrando na base entre os profissionais - disse Sorato.

Henrique chegou ao Vasco ainda em 2005 e passou por todas as categorias da base cruz-maltina, onde chegou a ser chamado de novo Felipe. Sobre o estilo de jogo do jovem, Sorato frisou ser muito veloz e muito habilidoso.

- Ele é agudo. Muito rápido, tem muita qualidade com a perna esquerda e também é bom marcador - acrescentou.

Um fato que pode ser positivo para Henrique é escassez na lateral-esquerda vascaína. No elenco atual, o técnico Dorival Júnior conta apenas com o jovem Dieyson e com o peruano Yotún, que desde a sua chegada ainda não conseguiu se firmar na equipe. Na partida contra o Flamengo, por exemplo, o volante Wendel foi escalado na posição. No jogo-treino desta manhã, mais um improviso: Fillipe Soutto atuou na lateral-esquerda.