icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira
icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira
22/07/2013
13:11

Em meio às especulações sobre uma possível saída, o zagueiro Dória apareceu na sala de imprensa do Engenhão na manhã desta segunda-feira e deu a sua versão dos fatos. O jogador disse que não soube de nenhuma proposta, ao contrário do que foi dito pelo presidente Mauricio Assumpção no último sábado, em entrevista à Rádio CBN.

Na ocasião, o mandatário afirmou que a proposta era acima do valor da multa e dependia do jogador aceitar ou não. Dória respondeu e disse que não é bem assim.

- Ele falou que o Botafogo não tinha saída e meio que jogou nas minhas mãos, mas não é bem assim. Tem muitas coisas que acontecem, não é só chegar, dizer que quero ir e acabou. Claro que quero defender o Botafogo sempre. Não é uma questão que tenho que resolver. Sou do Botafogo e isso deixo para eles resolverem junto com a minha família e a empresa que cuida da minha carreira. Eu fico tranquilo para jogar o meu futebol - afirmou o camisa 21.

Questionado se ele pensava em seguir os passos de Marquinhos, zagueiro de apenas 19 anos recém-contratado pelo Paris Saint-Germain (FRA) por 30 milhões de euros (cerca de R$ 89 milhões), Dória disse que não se baseia em outros jogadores:

- Achei bastante legal ele ter sido contratado pelo PSG, pelo valor que foi, mas não procuro me basear em outros jogadores. O que é meu está guardado. Fico tranquilo. É só jogar que as coisas vão acontecer naturalmente.

Em meio às especulações sobre uma possível saída, o zagueiro Dória apareceu na sala de imprensa do Engenhão na manhã desta segunda-feira e deu a sua versão dos fatos. O jogador disse que não soube de nenhuma proposta, ao contrário do que foi dito pelo presidente Mauricio Assumpção no último sábado, em entrevista à Rádio CBN.

Na ocasião, o mandatário afirmou que a proposta era acima do valor da multa e dependia do jogador aceitar ou não. Dória respondeu e disse que não é bem assim.

- Ele falou que o Botafogo não tinha saída e meio que jogou nas minhas mãos, mas não é bem assim. Tem muitas coisas que acontecem, não é só chegar, dizer que quero ir e acabou. Claro que quero defender o Botafogo sempre. Não é uma questão que tenho que resolver. Sou do Botafogo e isso deixo para eles resolverem junto com a minha família e a empresa que cuida da minha carreira. Eu fico tranquilo para jogar o meu futebol - afirmou o camisa 21.

Questionado se ele pensava em seguir os passos de Marquinhos, zagueiro de apenas 19 anos recém-contratado pelo Paris Saint-Germain (FRA) por 30 milhões de euros (cerca de R$ 89 milhões), Dória disse que não se baseia em outros jogadores:

- Achei bastante legal ele ter sido contratado pelo PSG, pelo valor que foi, mas não procuro me basear em outros jogadores. O que é meu está guardado. Fico tranquilo. É só jogar que as coisas vão acontecer naturalmente.