icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/04/2014
13:13

O Brasil conquistou duas medalhas de ouro no Campeonato Latino-Americano de Tênis de Mesa, que acontece em Santo Domingo, na República Dominicana. A Seleção Brasileira obteve o título tanto no masculino quanto no feminino. O torneio pertence ao calendário da Federação Internacional (ITTF).

No masculino, Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi e Cazuo Matsumoto lideraram a primeira fase sem dar chances aos adversários. Na semifinal, no clássico contra a Argentina, os brasileiros venceram os três jogos e foram à final.

- Eles (brasileiros) estão em um nível mais alto que o nosso. Mas no geral estamos satisfeitos com o ouro - disse o jogador argentino Gaston Alto, que teve a companhia de Pablo Tabachnik e Rodrigo Gilabert na equipe.

Na final, o Brasil venceu Porto Rico, que tinha Hector Berrios, Daniel Gonzalez e Brian Afanador na equipe, pelo mesmo placar.

Campeões na República Dominicana, os três atletas brasileiros confirmaram o bom momento. Neste mês, pela primeira vez o Brasil teve três representantes no Top 100 do ranking mundial: Gustavo é o 83º, Cazuo 89º e Hugo 93º.

No feminino,  a Seleção Brasileira, comandada pelo técnico Hugo Hoyama, terminou na primeira colocação em sua chave na primeira fase. Na primeira rodada, Caroline Kumahara, Gui Lin e Ligia Silva venceram os três duelos contra a equipe de El Salvador.

As dificuldades apareceram no segundo jogo, quando o Brasil duelou com a Venezuela e teve Jessica Yamada substituindo Ligia Silvia. A jovem mesatenistas venezuelana Gremlins Arvelos derrubou as brasileiras Gui Lin e Jessica Yamada.

Caroline foi quem fez a diferença pelo Brasil, vencendo Winberly Montero e Roxy Gonzalez. Depois, nas duplas, Gui Lin e Jessica Yamada venceram Winberly Montero and Roxy Gonzalez.

Na segunda fase,  a equipe feminina brasileira não bobeou e derrotou Argentina e depois Venezuela, abmas por 3 a 0, para sagrar-se campeã. Caroline, de 19 anos e a melhor brasileira no ranking (139ª), não perdeu nenhuma partida no evento.

- A Carol (Kumahara) foi nosso principal destaque, vencendo todos os seus jogos. Não perdemos nenhum jogo de duplas, e a Lígia, que entrou nas rodadas finais, também foi importante. Foi mais um passo dado em relação ao torneio por equipes, e um título sempre da maior motivação e confiança para os próximos eventos - disse Hoyama.

O próximo desafio da Seleção Brasileira será o Mundial por Equipes, em Tóquio (JAP), entre 28 de abril e 5 de maio. No torneio, a equipe masculina, que disputa a primeira divisão, está no grupo da China.