icons.title signature.placeholder Luis Fernando Coutinho
28/11/2014
10:10

O dia 20 de dezembro vai ser especial para Marcio Alexandre Jr. Finalista da terceira temporada do The Ultimate Fighter Brasil 3, depois de perder por finalização para Warlley Alves, em maio, o catarinense se prepara para o UFC de Barueri, onde enfrenta Tim Means. No mesmo show, um cara que é sua maior referência, alguém que lhe rendeu um apelido pela semelhança no estilo de luta: Lyoto Machida, que encara CB Dollaway na luta principal.

Para o momento especial, a preparação não poderia ser comum. Marcio Lyoto fez 90% de sua preparação para o combate na Black House, academia onde Machida e outros grandes nomes das lutas treinam.

- É uma honra e vai ser prazeroso lutar junto do Lyoto. Esse lance de lutarmos no mesmo evento foi ideia dele e do Joinha (Jorge Guimarães, empresário). Quase 90% do meu treino aconteceu nos Estados Unidos, com autorização do meu empresário, o Thiago Tavares (lutador peso pena do UFC). Quando fechou Lyoto x Dollaway, estávamos conversando, depois de um treino na Black House. Lyoto disse que eu estava preparado, o Joinha deu a ideia: "Imagina dois Lyotos num evento só". Na mesma hora me empolguei, liguei pro Tavares e ele conseguiu isso. Sou fã, Lyoto é meu ídolo, e ter a confirmação dessa chance... Não tem sensação melhor no mundo - descreveu o lutador, em conversa por telefone com o LANCE!Net.

Depois de atuar no TUF Brasil 3 como um peso médio, o brasileiro faz sua primeira luta como contratado no Ultimate pelos meio-médios. Ele avaliou a experiência adquirida com os treinos na Black House e revelou a ajuda de grandes nomes.

- Essa preparação está sendo a melhor da minha carreira. Pude ficar três meses lá. Consegui evoluir muito meu jogo. Treinei muita coisa e nos meus treinamentos, principalmente nos sparring's aprendi muito. Sempre recebendo toques, pude treinar com Lyoto Machida, Anderson Silva, Tarec Saffiedine... Foi muito bom. Consegui agregar muito ao meu jogo - explicou.