icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/06/2014
19:54

O Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE) condenou dois torcedores estrangeiros por terem quebrado cadeiras do Castelão em jogos da Copa do Mundo. A decisão foi divulgada nesta quinta-feira.

A juíza Maria José Bentes puniu o alemão Robert Rexhaus, que terá ressarcir a Arena Castelão com R$ 375, preço de um assento danificado no empate entre Alemanha e Gana, no último dia 21. Além disso, terá de desembolsar três salários mínimos (R$ 2.172) a uma instituição de caridade. O pagamento da multa deverá ser feito em duas parcelas e apenas após a primeira quantia quitada ele poderá deixar o país. Rexhaus tem até o dia 30 de julho para enviar o comprovante do pagamento da segunda prestação.

Já o australiano naturalizado grego George Tratseles é acusado de danificar duas cadeiras na última terça-feira, na vitória da Grécia por 2 a 1 sobre a Costa do Marfim. Assim, Tratseles restituirá R$ 750 ao Castelão, mais R$ 1.448 a outra fundação de caridade. Ele também só poderá voltar para casa após saldar a multa.

Cometer dano ao patrimônio público pode causar detenção de seis meses a três anos de detenção, mas os dois estrangeiros aceitaram a proposta do Ministério Público de suspender o processo por dois anos. Neste período, a dupla não poderá se ausentar do município onde residem sem o aval da autoridade judicial do país, a qual terá de se apresentar mensalmente.

Anteriormente, dois mexicanos foram condenados pelo Juizado do Torcedor por desacato a autoridade durante Brasil 0x0 México, em 17 de junho.