icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/03/2014
20:47

Demorou, mas Novak Djokovic (2º do ranking) conquistou o seu primeiro título na temporada de 2014. Neste domingo, o sérvio derrotou ninguém mais ninguém menos do que Roger Federer (8º), por 2 sets a 1, com parciais de 3-6, 6-3 e 7-6 (7-3), na final do Masters 1.000 de Indian Wells, na Califórnia (EUA).

Com o resultado, o sérvio chegou a 17 conquistas de Masters e igualou o americano André Agassi, já aposentado, neste quesito. Em títulos deste nível, ele fica atrás apenas de Roger Federer (21 títulos de Masters) e Rafael Nadal (26).

O troféu ainda permitiu que Djokovic diminuísse a vantagem de Rafael Nadal no ranking mundial. O espanhol, que foi eliminado na terceira rodada para Alexandr Dolgopolov, tinha uma margem de 3.825 pontos no topo, mas este número foi reduzido para 2.230 (13.130 a 10.900).

De quebra, a conquista do sérvio manteve vivo o jejum de Federer, que permanece sem títulos de Masters 1.000 desde agosto de 2012. Este foi o terceiro triunfo de Djokovic em Indian Wells, onde também havia vencido em 2008 e 2011.

Djokovic não chegava a Indian Wells sem títulos na temporada desde 2006, quando ainda não tinha sido campeão nenhuma vez na carreira.

Para erguer a primeira taça de 2014, o sérvio precisou de frieza, tendo em vista que Federer começou avassalador, fazendo 3-0 no primeiro set e não dando chances nesta parcial, onde venceu por 6-3.

No set seguinte, Djokovic manteve a calma e conseguiu a quebra no fim para empatar o confronto. Em seguida, no terceiro set, Djokovic chegou a sacar para o jogo com 5-4 no placar. Federer, porém, dificultou ao quebrar o saque e levar o jogo ao tie-break. Neste, porém, Djokovic foi mais atuante e venceu.

Mesmo com o vice-campeonato, Federer retornará ao top 5 do ranking, no quinto lugar, com 5.045 pontos.