icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/07/2013
11:38

Novak Djokovic está nas semifinais de Wimbledon. Em busca de seu segundo título na grama inglesa, o sérvio derrotou o tcheco Tomas Berdych (6º) nesta quarta-feira por 3 sets a 0, com parciais de 7-6 (7-5), 6-4 e 6-3, pelas quartas de final do Grand Slam.

Djokovic começou o jogo quase conquistando uma quebra e na sequência sacou de forma assustadora - três aces em apenas um game - para confirmar seu serviço. O saque, por sinal, foi o fator predominante no primeiro set de jogo - Nole aplicou nove aces ao todo, contra dois de Berdych.

Os tenista confirmaram todos os games em um duelo de alto nível, que agradava ao público com ralies intensos - um deles chegou a ter 28 trocas de bola. No tie-break, o equilíbrio se manteve, mas o líder do ranking foi mlehor e venceu por 7-5 após uma bola fora de Berdych, que teve 12 erros não forçados na parcial - Nole teve apenas dois.

No segundo set, o cenário se alterou. Logo no primeiro game, Berdych colocou o rival para correr e quebrou o saque após Nole espirrar o taco. Djokovic voltou a falhar no saque no terceiro game e permitiu que o tcheco abrisse 3 a 0 depois de acertar uma bola na rede.

Mas, Nole não se abateu e igualou o placar em 3 a 3, devolvendo as duas quebras ao tcheco. Em seguida, Nole sobrou em quadra e voltou a quebrar o serviço do tcheco para fechar a parcial em 6-4. 2 a 0 para o sérvio em sets.

No terceiro set, o número um do mundo não teve dificuldades para liquidar o jogo. O sérvio distribuiu cinco aces e contou com erros no saque do tcheco para fechar a parcial final em 6-3 e avançar às semifinais.

Por uma vaga na final, o líder do ranking da ATP vai encarar o argentino Juan Martin Del Potro (8º) nas semifinais. Delpo passou pelo espanhol David Ferrer (4º) por 3 sets a 0, com parciais de 6-2, 5-4 e 7-6, na quadra central de Wimbledon - Djokovic e Berdych jogaram em uma quadra anexa.

Após fechar o jogo contra Ferrer em um ralie sensacional, Del Potro vai buscar surpreender Djokovic mais uma vez em uma semifinal este ano. No primeiro semestre, ele eliminou o sérvio nas semifinais do Masters 1.000 de Indian Wells.

O tenista da Argentina ainda corre atrás de seu segundo título de Grand Slam. O seu único triunfo em um Major foi em 2009, no US Open.

 

Novak Djokovic está nas semifinais de Wimbledon. Em busca de seu segundo título na grama inglesa, o sérvio derrotou o tcheco Tomas Berdych (6º) nesta quarta-feira por 3 sets a 0, com parciais de 7-6 (7-5), 6-4 e 6-3, pelas quartas de final do Grand Slam.

Djokovic começou o jogo quase conquistando uma quebra e na sequência sacou de forma assustadora - três aces em apenas um game - para confirmar seu serviço. O saque, por sinal, foi o fator predominante no primeiro set de jogo - Nole aplicou nove aces ao todo, contra dois de Berdych.

Os tenista confirmaram todos os games em um duelo de alto nível, que agradava ao público com ralies intensos - um deles chegou a ter 28 trocas de bola. No tie-break, o equilíbrio se manteve, mas o líder do ranking foi mlehor e venceu por 7-5 após uma bola fora de Berdych, que teve 12 erros não forçados na parcial - Nole teve apenas dois.

No segundo set, o cenário se alterou. Logo no primeiro game, Berdych colocou o rival para correr e quebrou o saque após Nole espirrar o taco. Djokovic voltou a falhar no saque no terceiro game e permitiu que o tcheco abrisse 3 a 0 depois de acertar uma bola na rede.

Mas, Nole não se abateu e igualou o placar em 3 a 3, devolvendo as duas quebras ao tcheco. Em seguida, Nole sobrou em quadra e voltou a quebrar o serviço do tcheco para fechar a parcial em 6-4. 2 a 0 para o sérvio em sets.

No terceiro set, o número um do mundo não teve dificuldades para liquidar o jogo. O sérvio distribuiu cinco aces e contou com erros no saque do tcheco para fechar a parcial final em 6-3 e avançar às semifinais.

Por uma vaga na final, o líder do ranking da ATP vai encarar o argentino Juan Martin Del Potro (8º) nas semifinais. Delpo passou pelo espanhol David Ferrer (4º) por 3 sets a 0, com parciais de 6-2, 5-4 e 7-6, na quadra central de Wimbledon - Djokovic e Berdych jogaram em uma quadra anexa.

Após fechar o jogo contra Ferrer em um ralie sensacional, Del Potro vai buscar surpreender Djokovic mais uma vez em uma semifinal este ano. No primeiro semestre, ele eliminou o sérvio nas semifinais do Masters 1.000 de Indian Wells.

O tenista da Argentina ainda corre atrás de seu segundo título de Grand Slam. O seu único triunfo em um Major foi em 2009, no US Open.