icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/12/2013
09:18

As mudanças no Camp Nou, estádio do Barcelona, estão mais próximas de acontecer. O vice-presidente do clube, Javier Faus, garantiu que vai haver um referendo entre os sócios para definir se o local continua como está, se vai sofrer uma ampla reforma, perdendo 12 mil dos 99 mil lugares. ou se um novo, bem ao lado, será construído, desta vez, chegando à capacidade de 105 mil pessoas.

Os custos também serão bem diferentes. Faus lembrou, durante entrevista à rádio "RAC1" que se uma ampla reforma for escolhido, o clube vai investir cerca de 300 milhões de euros (aproximadamente R$ 1 bilhão). No caso de construir um novo, será o dobro.

- Há varios fatores que sobem os custos da operação. Além de construir ou reformar, temos que reurbanizar a região. Não tomaremos nenhuma decisão, o sócio vai fazer - disse.

Curiosamente, tudo isso é feito ao mesmo tempo em que o Real Madrid também prevê uma ampla reforma no Santiago Bernabéu. E assim como o clube merengue, o Barcelona estuda na possibilidade de vender o nome do Camp Nou. Neste caso, poderia receber até 250 milhões de euros (cerca de R$ 800 milhões).