icons.title signature.placeholder Paulo Batistella
10/04/2014
20:31

A novela entre a Chapecoense e o atacante Lima ganhou novos capítulos. A negociação com o maior artilheiro da história do JEC, que está agora no Paysandu, havia sido anunciada pelo presidente da Chape, Sandro Pallaoro, no final de março. Nesta quinta-feira, dirigentes do clube falaram, com exclusividade ao LANCE!Net, a respeito da provável contratação.

- Temos pré-contrato com ele. Falta acertar salário e algumas coisas - afirmou o gerente de futebol do clube, Cadú Gaúcho.

O maior empecilho até o momento é a multa rescisória do jogador, prevista, segundo o 'Diário Catarinense', em torno de R$100 mil reais no contrato com o clube paraense. O diretor de futebol da Chapecoense, Mauro Stumpf, lembrou este fato e preferiu manter cautela frente a negociação:

- Ele tem contrato com o clube dele (o Paysandu) e tem a multa rescisória. A gente tem agora o Alemão, da Ponte Preta. Então, não vamos priorizar o Lima.

A diretoria do Papão se mostrou interessada em manter o jogador. Contudo, a permanência do atacante em seu atual clube é certa apenas até o dia 20 de abril, devido a final da Copa Verde, na qual o Paysandu enfrentará o Brasília.