icons.title signature.placeholder João Pires
01/04/2014
11:00

Os fãs de vôlei da cidade de Novo Hamburgo (RS) estão em festa. Isso porque nesta segunda-feira o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu por unanimidade que o Voleisul/Paquetá será o finalista da Superliga Masculina B na vaga do Sada Contagem, que escalou dois atletas de forma irregular na semifinal.

Um dos representantes do Voleisul no julgamento, que ocorreu na sede do STJD, no Rio de Janeiro, Tiago Peter Hoefelmann, diretor-executivo da equipe, comemorou o resultado e lembrou que não há nada irregular no questionamento do time gaúcho.

- Foi uma vitória, uma batalha difícil. Não estava dentro do nosso cronograma no inico da temporada ter que passar por isso, ainda mais com uma equipe nova, recém-criada. Estamos cobrando os nosso direitos, nada foi feito fora disso. Estamos contentes e vamos nos preparar para esta final - falou Tiago.

O time de Novo Hamburgo (RS) foi eliminado pelo Sada Contagem nas semifinais da competição de acesso à Superliga. Entretanto, entrou com um pedido na justiça alegando que o ponteiro Kadu e o levantador Lucas Salim, ambos do Sada, teriam jogado de forma irregular o terceiro e decisivo duelo da série.

A irregularidade se deu em função destes dois atletas já terem atuado pelo Sada Cruzeiro, em uma partida válida pela divisão principal da Superliga. O jogo foi contra o Moda/Maringpa, no dia 13 de março, onde o time celeste venceu por 3 sets a 1.

De acordo com Parágrafo Único do Artigo 25 do Regulamento Oficial da Superliga B, “após o dia 9 de março de 2014, caso o clube da Superliga Masculina Série B conceda o retorno dos atletas para o clube da Superliga Masculina 2013-2014, estes atletas não terão direito a retornar para a Superliga Série B”

- Suspeitei durante o terceiro jogo, pois acompanhei a equipe e vi que eles não jogaram os dois primeiros jogos. E neste terceiro, o Sada entrou com eles (Lucas Salim e Kadu) e eu estranhei. Dei uma ligada para o responsável jurídico e foi detectado este artigo 25 - acrescentou Tiago.

A decisão da Superliga Masculina B seria entre São José dos Campos e Sada Contagem. O primeiro eliminou o Santo André nas semifinais, em dois jogos. Já o Sada derrotou o Voleisul/Paquetá em três jogos, mas no terceiro houve a irregularidade.

A data da final entre Voleisul e São José ainda será divulgada pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). O Voleisul, porém, está preparado para levar Novo Hamburgo de volta à elite do vôlei. O Frangosul/Ginástica, extinta equipe da cidade gaúcha, foi o primeiro campeão da Superliga, na temporada 1994/1995.

- A gente já vinha treinando forte na expectativa do que seria julgado. Estávamos confiantes e agora que se confirmou estamos focados para obter o título por Novo Hamburgo, que foi a primeira cidade camepeã da Superliga e tem o vôlei impregnado na comunidade - concluiu o diretor-executivo.

Em contato com o L!Net, a assessoria do Sada Contagem informou apenas que o clube permanece aguardando um parecer do departamento jurídico para definir se entrará com recurso. Vale lembrar que o Sada Contagem é uma espécie de time B do Sada Cruzeiro, atual campeão mundial e que está na final da atual edição Superliga Masculina.